26.3.12

Pensamento do dia...


Elegância é a arte de não fazer nada igual aos demais, parecendo que se faz tudo da mesma maneira que eles.


Balzac

26 comentários:

Mona Lisa disse...

Elegância é sobressair sem se fazer notado...

´Beijos.

joaquimdocarmo disse...

Que maneira elegante de começar o dia, mfc! Mesmo de Balzac!
Abraço
jc

Reinadi Sampaio disse...

Bom mesmo, muito bom!
Um exemplo a seguirmos.

Beijo.
Flor.

João Menéres disse...

Estou de acordo com a MONA LISA.

Mas, poderemos sintetizar :

ELEGÂNCIA É NÃO SE FAZER NOTADO.

Balzac era um MESTRE DA VIDA.

Um abraço.

cycle disse...

Eu sempre olhei para o elegante. Nunca me passou despercebido. Como é que se sobressai sem se fazer notado?!

Pérola disse...

O romântico Balzac! A elegância é intemporal e veste os elegantes como uma segunda pele. É intrínseco, tal como o charme, sente-se, mas não se explica.

Maria de Jesus Lourinho disse...

Contraditório impossível.

Bípede Falante disse...

Que interessante definição!

Vera, a Loira disse...

Ser único...

Margarida Belchior disse...

... grande mestre, o Balzac.

:-DD

Hellag disse...

adorei!!!!!

Anna^ disse...

Este Balzac é que sabia :)

papoila disse...

Elegância e subtileza!
xx

♥ Luciana de Mira ♥ disse...

Interessante e verdadeiro!

Vanessa Gonçalves disse...

Uma grande verdade...

Pérola disse...

Caro mfc,
vais perdoar-me o atrevimento, mas puseste-me a pensar (eu sei: penso muito, porém pouco se aproveita).
No filme que mencionei, politicas económicas à parte visto ser uma aprendiza de politica e pouco perceber para além de ser sempre o dinheiro a liderar, o que me questionou foi o facto de em nome duma religião, no caso o Cristianismo, se poder matar.
No filme em apreço o srº Sam ainda continua a sua luta e apesar de se guiar pela máxima de 'amar o próximo...' sente-se no direito de matar só porque pertencem a uma fação radical tornando-se, ele próprio, um radical fundamentalista.
Mas, como pergunta no final, qual de entre nós, se tivéssemos algum ente querido raptado ou em risco também não fariamos tudo ao nosso alcance para proteger a sua segurança?
Pode ter hollyoow por trás, não sei, mas aquela guerra não é a dele, pelo menos como nós a costumamos entender. Mas, ele ainda lá está.
Terei de pesquisar para entender melhor o que se passa no Sudão. No entanto, já posso tentar adivinhar: dinheiro, interesses estratégicos, económicos e outros similares. Entretanto vão morrendo milhares de inocentes e sou particularmente sensivel às crianças.
Não te maço mais,já deves ter reparado que gosto de escrever cartas. Sim. Sou um bocado 'retro' e gosto, mas obrigam-me a olhar para o futuro, sentada no presente.
Um beijinho e fica bem!
Pérola

gina henrique disse...

Ser diferente sem ofuscar os outros,ser notado sem se pôr em bicos de pés,ser elegante sem ostentar e... tudo o mais que Balzac de certo aprovaria e de quem fiquei fã depois do 1º livro que li " A mulher de trinta anos " !!!

gina henrique disse...

Ser diferente sem ofuscar os outros,ser notado sem se pôr em bicos de pés,ser elegante sem ostentar e... tudo o mais que Balzac de certo aprovaria e de quem fiquei fã depois do 1º livro que li " A mulher de trinta anos " !!!

greentea disse...

elegancia é sem dúvida esse pequeno distanciamento dos outros. gosto deste pensamento de Balzac, mas nem sei se li dele alguma coisa, mas talvez tb fosse "A mulher de trinta anos"

aflores disse...

tal e qual;)

Uma arte que não é para qualquer um.

Eli disse...

É profundo e é não engordar ou parecer que se passa entre os pingos da chuva! ahahahahah

É isto que me dá quando comento de manhã!

:P

jrd disse...

Por isso é que há poucos elegantes.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Por acaso discordo de Balzac. Talvez um dia destes escreva sobre isso

maceta disse...

há quem se esforce mas não consegue...

Luna disse...

Uma definição bem elegante.
beijinhos.

Lívia Inácio disse...

puxa vida!

adorei essa citação!