21.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3468

Sortelha, 2014
O assentamento dos blocos de granito, uns maiores que outros, ora horizontal, ora verticalmente, são como que um autêntico jogo de tetris extremamente bem conseguido. São estas pequenas coisas que me divertem quando olho para o que me vai surgindo nos passeios que vou dando.

Pensamento do dia... (profundo)

Quando o nosso amor virar cinzas, lembre-se que eu mandei brasa.

20.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3467

Sortelha, 2014
Somos frequentemente (para não dizer permanentemente) sebastianistas. E somo-lo nas mais diferentes situações: nas expectativas materiais, como nas expectativas sentimentais. E o certo... o certo é que todas as manhãs o despertador toca irritantemente às sete horas!

Pensamento do dia... (profundo)

Se todos fossem gordos, as pessoas estariam mais próximas.

19.9.14

Visto e "ouvisto"... XCVI

Ouvido hoje no "TSF Bikes": Morreu... tendo caído DO precipício!

Uma fotografia por dia... nº 3466

Beira Baixa, Belmonte (Judiaria), 2014
Uma constante de todo o passeio era o sossego e a ausência de pessoas o que, com o passar dos dias, começou a ser algo perturbador. Não é que eu não goste de passear assim, mas aquilo significava também a desertificação do interior, que terá consequências nefastas para todos.

Pensamento do dia... (profundo)

Existem muito mais países estrangeiros do que nacionais.

18.9.14

Visto e "ouvisto"... XCV

Que raio de democracia é esta em que uma maioria social não consegue materializar uma maioria política?!
Que raio de democracia é esta em que vale tudo para se alcandorarem ao poder e depois renegarem todas as promessas feitas e continuarem a ter o apoio dos eleitores... passados anos?!
Que raio de democracia é esta em que se rasgam os contratos celebrados com os menos afortunados e são mantidos os contratos leoninos, para o Estado, celebrados com os previlegiados?!
Que raio de democracia é esta em que 50% do eleitorado descrê?!

Uma fotografia por dia... nº 3465

Penedono, 2014
Verdadeira arma de arremesso é a permanente chantagem governamental atirando culpas para quem não as tem, nem nunca as teve. E o certo é que a estratégia dá resultado, pois lá vão mantendo um score eleitoral algo abaixo dos 30%... quando deviam, pura e simplesmente, terem desaparecido do mapa!

Pensamento do dia... (profundo)

A vida é como um banho quente. Quanto mais se fica nela, mais enrugado se fica.

17.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3464

Trancoso, 2014
Por tudo que vi nestas férias, assenta bem a Trancoso a nomeação de cidade florida... e com todo o mérito. Não sei se é espontâneo ou se é para turista ver, mas o certo é que resulta em cheio. E no meio daquele cromatismo estamos sempre a cruzarmo-nos com sorrisos...

Pensamento do dia... (profundo)

“Por isso que eu não quero ter tigre de estimação. Você dá a mão e eles já querem o braço.“

16.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3463

Trancoso, 2014
Os candeeiros de iluminação pública têm algo de kitsch, mas têm o mérito de terem aproveitado o ex-libris de Trancoso, as  muralhas que envolvem a cidade velha, para o expor (e impor...) aos que por ali se passeiam.E o objectivo está plenamente conseguido.

Pensamento do dia... (profundo)

“Qual a doença característica das pessoas gostam de jogar futebol? ... Ébola.“

15.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3462

Viseu, 2014
Nas muitas discussões (que saudades!) que tinha com meu Pai, muitas vezes lhe dizia que Vila do Conde era bem mais limpa que a Póvoa, ao que ele me respondia sarcasticamente (sabendo que não tinha razão): ...também não têm quem suje! Ora bem, o que é certo é que Viseu é uma cidade limpa e airosa onde dá gosto passearmo-nos.

Pensamento do dia... (profundo)

Quando me questionam se prefiro o PS ou o PSD lembro-me logo do enfermeiro que me pergunta em que nádega quero apanhar a injecção.

14.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3461

Beira Baixa, 2014
Sou um apaixonado pela História. É ela que nos (en)forma e nos faz compreender o presente, bem como agir nele de acordo com as opções que tomamos. Ela é um guia imprescindível. A repetição, ou a continuação, dos nefastos acontecimentos passados só se alterará se compreendermos a sua génese e o cortejo de orfandades, a todos os níveis, que foram capazes de provocar.

Pensamento do dia... (profundo)

Cautelas e caldos de galinha não fazem mal a ninguém... excepto à galinha!

13.9.14

Visto e "ouvisto"... XCIV

Espanta-me e aborrece-me sinceramente, que 25% deste povo possa apoiar esta "maioria" assassina. Dizendo melhor, espanta-me e aborrece-me sinceramente, que 1/4 dos votantes possa apoiar esta "maioria" assassina, pois julgo que no máximo 3% da população seja composta por previlegiados, que assim votam coerentemente nestes meninos que têm uma noção de ética social abaixo de qualquer protozoário! 
Mas a vida é assim... que se lhe há-de fazer?!

Uma fotografia por dia... nº 3460

Montalegre, Serra do Larouco, 2014
Este foi sem dúvida dos Verões mais atípicos de que me lembro, pelo menos aqui pelo norte. Temperaturas baixas, nevoeiros, chuva miudinha persistente, nuvens baixas... de tudo houve um pouco neste Verão, menos o que seria normal que tivesse acontecido.

Pensamento do dia... (profundo)

Mais vale um pássaro na mão do que bois voando.

12.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3459

Viseu, Avelal, Senhor d'Agonia, 2014
Aqui neste cabeço montanhoso isolado brincamos 4 de 7 irmãos. Um com 7 (o je), outra com 6, um outro com 5 e finalmente o caçula da altura com quase 3 anos. Com pedrinhas o mais velho construía um forno, o de 5 levantava um poço e o de 2 anos e picos montava um comboio alinhando as pedrinhas em fila indiana! Ah, a de 6 tinha uma boneca de trapos a quem mudava fraldas e dava o biberão!

Pensamento do dia... (profundo)

Já que a primeira impressão é a que fica, use uma impressora laser!

11.9.14

Visto e "ouvisto"... XCIII

A programação da TV hoje melhorou bastante!
... não houve debates de "pêésses"!

Uma fotografia por dia... nº 3458

Trancoso, 2014
Na arquitectura castrense da nossa Alta Idade Média são raríssimos os elementos decorativos. A funcionalidade impunha-se de uma forma total, não deixando lugar aos devaneios de gente que pensaria que a questão do território podia ser compaginada com outras... necessidades! Quase apostava que foi um elemento introduzido tardiamente.

Pensamento do dia... (profundo)

Se a gula é um pecado, o inferno deve ser óptimo pra fazer churrasco.

10.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3457

Penedono, 2014
Julgamos candidamente que os instrumentos de tortura medievais apenas fazem parte de um imaginário, que foi felizmente ultrapassado. Puro engano! Eles hoje existem e são mais sofisticados, tendo sido substituídos pelo eufemístico corte das gorduras do Estado: redução de pensões e salários, perda de subsídios, aumento de impostos (o Príncipe John já o fazia, mas existia um Robin Hood, que tanta falta nos faz hoje...), desemprego em massa, etc! Há que apear os novos Luíses XVI.

Pensamento do dia... (profundo)

Se você parece mais com seu vizinho do que com seu pai... conserte a cerca.

9.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3456

Viseu, Casa do Miradouro, 2014
Este foi um momento íntimo, nostálgico e comovente. Revisitei um lugar onde passei em sucessivas férias uma parte da minha infância e constatei que os anos fazem de nós uns piegas desgraçados! Reconheci tudo, apesar da Casa estar agora transformada em centro camarário de exposições temporárias. Dêm uma olhadela... fica mesmo por detrás do Museu Grão Vasco.

Pensamento do dia... (profundo)

Está provado que sexo é hereditário. Se seus pais não fizeram, você nunca fará.

8.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3455

Trancoso, 2014
As ruelas alindadas da velha Trancoso são um convite permanente ao sorriso. Ressalta o cuidado que estas gentes têm na preservação da sua genuinidade. A qualidade e um outro conceito de vida, são com certamente no interior que podem ser encontrados.

Pensamento do dia... (profundo)

O pior cego é aquele que anda sem bengala.

7.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3454

Trancoso, 2014
Reviver o passado em... Trancoso! E logo neste dia em que, por um galo do caneco, não trouxe o merendeiro, já que tinha um lugar de luxo para o debulhar, com sombrinha e tudo!! Sentei-me por momentos ali sim, mas a dar um gole na garrafa de água mineral... morna!

Pensamento do dia... (profundo)

Dai a César... porque ele já deu.

6.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3453

Viseu, Avelal, 2014
Neste ano não houve Verão, pelo menos aqui no norte... e já vamos com menos 1 hora e tal de sol! Como dizia Patxi Andion, na sua canção 20 aniversário,O es que estamos en invierno y estan llegando, estan llegando... los frios. E não tarda nada está mesmo aí o inverno do nosso descontentamento!

Pensamento do dia... (profundo)

Águas passadas... já passaram.

5.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3452

Penedono, 2014
É surpreendentemente diferente e sem dúvida alguma que vale o desvio. Nas redondezas podem ver-se várias concentrações megalíticas e a lindíssima albufeira do Terrenho com os seus sempre presentes pescadores amadores.

Pensamento do dia... (profundo)

Quem não arrisca, é porque não tem caneta.

4.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3451

Viseu, 2014
Deixemos de parte a dita capital do Cavaquistão e reparemos no que há que reparar por aquelas bandas, que o bom gosto da sua monumentalidade supera bem o caciquismo que por aqui pulula! É agradável sentir a vida pacata de uma cidade que tem charme... e apetece!

Pensamento do dia... (profundo)

Não sou soutien, mas sou amigo do peito.

3.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3450

Beira Baixa, Sortelha, 2014
Mais uma escola encerrada, em nome do progresso e da economia... como se os portugueses que persistem em continuar no interior não tivessem direito a ter uma escola que pudesse servir os seus filhos. Os recursos são escassos e não chegam para alimentar quem na verdade , para esta gentinha, faz avançar este país... os BES, os BPN's, os BPP's, os BCP's (ex-Opus Dei) e mais os que se seguirão!

Pensamento do dia... (profundo)

Não ligue pra vida... ela não tem telefone.

2.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3449

Beira Baixa, Sortelha, 2014
Neste interior desertificado pela inépcia dos poderes, mas imensamente lindo, só se pode sair ao fim da tarde devido às altas temperaturas! É claro que também se o pode fazer cedinho, porém a minha religião não mo permite... e lá nisso sou muito cumpridor!

Pensamento do dia... (profundo)

Minha vida é um litro aberto!