20.8.16

Uma fotografia por dia... nº 3890

Póvoa de Varzim, 2016

Trata-se de um paliteiro que me habituei a ver e a tocar na casa do meu avô e agora na casa da minha mãe. Mais que os objectos em si, o que me fascina bem mais são as emoções que eles são capazes de subtilmente desencadearem em nós... porque somos essencialmente memória.

3 comentários:

ppr disse...

Estou a ver que o dr é multifacetado. Nunca, de modo algum, iria imaginar que tinha um blogue. É de felicitar a sua hiperatividade na vida, como diz o provérbio português "parar é morrer! " ☺😊

Adrian LaRoque disse...

Viver no passado é depressão, viver no futuro é ansiedade, viva o presente!

sonia disse...

Vivo no presente, Sr. Adrian, mas trago junto a mim a doce recordação de minha falecida tia e avó, através de pequenos objetos como o paliteiro de mfc! Guardá-los representa uma homenagem a quem eu tanto amei!