8.11.15

Uma fotografia por dia... nº 3603

Gerês, 2015


Os agora abrigos de montanha para os caminhantes, eram serventia destas gentes que ali se recolhiam para passar a noite, quando saíam para pastorear os rebanhos maioritariamente comunitários. Ora saía um pastor, ora saía um outro com o gado de toda a aldeia.

2 comentários:

lis disse...

Pedras que abrigam_ parecem inanimadas e frias ...mas aquecem!

Zeltia disse...

soidade e frío...