17.8.14

Uma fotografia por dia... nº 3433

Terras de Barroso, Pitões das Júnias, 2014
Do meio do nada, dos fundos de um planalto inóspito surpreende-nos a visão de umas ruínas de um mosteiro beneditino do século XII. A sua aparição é digna de um filme de suspense, pois só o vemos quando estamos praticamente quase a poder tocar-lhe. Há uma sensação de irrealidade que dele emana.

5 comentários:

Mona Lisa disse...

Património em ruínas é o retrato de qualquer país!

Uma foto linda...linda... um local que apetece vasculhar!

Beijinhos.

lis disse...

achei lindo !

Remus disse...

Adoro estes locais, que espevitam o arqueólogo que existe em nós. Que nos deixam a pensar em como seria este local nos tempos onde ainda era usado e usufruído.

barcelence disse...

É este, acho que é este, sim senhora. Não dá pra ver se tem água corrente, nem o diz em comentário à foto, mas lembro-me bem das folhagens! ( é um reparo ao meu comentário à foto de 20.08, que me fez lembrar um mosteiro "perdido" no Gerês ). É tal e qual como o descreveu: " só o vemos quando estamos praticamente a poder tocar-lhe ".

© Piedade Araújo Sol disse...

o nosso património totalmente ao abandono....

:(