7.7.14

Uma fotografia por dia... nº 3392

Póvoa de Varzim, S. Pedro de Rates, 2014
Datada do século XI, é um dos melhor preservados monumentos do românico primitivo. Já lá tinha ido a algumas festarolas, mas desta vez olhei-a com outros olhos e gostei bem do que vi. A luz coada do seu interior proporciona-lhe uma serenidade que nos toca.

4 comentários:

Margarida Belchior disse...

Tenho que fazer a rota do românico - há por aí "jóias" fantásticas.

Já então a construção desses locais de culto tinha como intencionalidade o recolhimento e o porem os seus visitantes em contato com outras dimensões, quanto mais não fosse, de si próprios. Pelos vistos uma finalidade que ainda perdura ... :-)

Bjss

Liliane de Paula disse...

Adoro esses passeios através de fotografias.
Não conheço Portugal. Ainda.

Manu disse...

Um monumento muito bem retratado e que desconhecia. O céu carregado à mistura com o azul ainda lhe deu mais imponência.
Obrigada pela partilha

Beijos Manuel

Graça Pimentel disse...

Fiz há pouco tempo um pequenino percurso da rota do românico e esta igreja fez parte desse trajecto. É linda!

beijinho