28.6.14

Uma fotografia por dia... nº 3383

Póvoa de Varzim, Sto. André, 2014
Já mal se via e a cruz branca a surgir no meio das fragas escuras redundou num contraste que me tocou... fotograficamente falando, como é evidente para quem me vem seguindo. Nestas coisas sou muito pragmático: quando gosto... fotografo, independentemente do que o observador possa pensar (com todo o legítimo direito de fazer as interpretações que entender).

7 comentários:

Til disse...

Eheheh eu conheço este lugar maravilhosooooooooooooooo;)

Mona Lisa disse...

Qual será o significado daquela cruz no cimo dos penedos?

O importante é não ter escapado ao teu olhar atento. Uma foto rara/ perfeita, com um contrate magnífico de cores, ponteado por uma castanho acobreado.

Beijinhos.

Margarida Belchior disse...

SURPREENDENTE!!!
Tudo!!
:-))

Bjss, surpreendidos, evidentemente!

Fatyly disse...

Conheço bem esse local e que foto magnífica!

Graça Pimentel disse...

O contraste de cores ficou magnífico nesta tua fotografia.

beijo

L.S.A. disse...

Uma bela fotografia.
Esta é a melhor hora para se fotografar, pois as cores destacam-se mais.

Manu disse...

Também quando gosto fotografo independentemente das interpretações.
Ver uma cruz perdida no meio das fragas chama a atenção de qualquer um e acho que fez muito bem em fazer este registo fotográfico.