14.5.14

Uma fotografia por dia... nº 3338

Minho, 2013
A culpa raramente morre solteira e há sempre que arranjar um bode expiatório! Quase todos os dias ouço na TSF (experimentem que não dói nadinha!) um spot que retrata essa situação às mil maravilhas. Ora façam de conta que estão a ouvir na rádio: "Salvei-me, foi graças a Deus. Se tivesse morrido, era culpa do médico."

4 comentários:

Graça Pimentel disse...

Como tenho o rádio do carro sempre na TSF, farto-me de ouvir essa frase.

beijo

Mona Lisa disse...

Será que é tipicamente português?

Por vezes ouço..."Ninguém foge ao seu destino"!

A foto é a imagem do nosso povo...bode expiatório de quem nos (des)governa,porque a maioria quer e gosta!

Beijinhos.

rosa-branca disse...

Gostei das fotos e dos pensamentos do dia. Um abraço com carinho

Fatyly disse...

Pois é...pois é...e o bichano da foto é mesmo belo!