29.3.14

Pensamento do dia... (profundo)


Antes um amor cego que um amor platónico. No amor cego, pelo menos, você pode apalpar.

2 comentários:

L.S.A. disse...

Não lhe falta imaginação... isso não...!

aflores disse...

E quem não gosta de apalpar?

:)