11.9.13

Uma fotografia por dia... nº 3093

Paredes, 2013
Há saberes ancestrais que nunca se perdem. A forma tradicional de arrecadar a palha, através da construção desta meda, contrasta com o abandono progressivo a que o interior vem sendo votado! E é pena sob vários aspectos... salientando que a qualidade de vida está cada vez mais neste interior abandonado.

8 comentários:

Mona Lisa disse...

Brevemente, o interior voltará a ter vida. Será o sustento da maioria!

Que foto linda!

A meda, em primeiro plano, ficou fantástica!

Beijinhos.

Ritinha disse...

Que legal!
bjs
Ritinha

Isabel disse...

Uma bela definição das curvas, com o azul que tudo realça...

L.S.A. disse...

Grande fotografia!
Não só pela qualidade, (não seria de esperar outra coisa...) como pelo que ela significa.
Houve uma época de grande ilusão sobre a cidade, e em parte houve razão para isso, mas os que tinham os olhos fechados começaram a ver a verdade e ver onde eram mais felizes.
Houve tanta coisa para os iludir!
Agora muito se vai recompondo, e espero que compreendam que a felicidade está no que construímos e não naquilo que parece fácil e depois... não é!
Hoje temos um País de pernas para o ar, mas tenho esperanças que ainda possa viver de tanta coisa boa que tem...!
Abraço

Fatyly disse...

Subscrevo totalmente e além de abandonado...agora devastado por ICENDIÁRIOS A MANDO DE QUEM? Pois é...um país à beira de um ataque de fúria!

Gostei das fotos e só agora pude apreciar.

Anónimo disse...

...e desci
alegrou-me esta foto da nossa terra, com a meda no soalho da eira, muito perto da sequeira!
Ah saudades que já partem a alma!
Bji
A.

Isabel de Guimarães disse...

Não são raras as vezes em que contemplo cenas rurais, como esta, e reflito na sua condenação, fruto de uma sociedade "evoluída". Era tudo tão mais genuíno nos tempos de outrora...

Graça Pimentel disse...

Um bonito contraste entre a tradição e o abandono...

beijo