10.8.13

Uma fotografia por dia... nº 3061

Burgães, Parque Urbano de Rabada, 2013
Não há parque ou jardim que se preze que não tenha um... Não resisto a pressioná-los para ao menos sentir a frescura da água nas mãos e, quando o calor aperta a sério, deixá-la correr sobre os pulsos para que a sensação de frescura se sinta de uma forma mais intensa.

6 comentários:

✿ chica disse...

Maravilhosa foto!ADOREI! beijos,chica

Antonio Lopes disse...

“Fotografia é registrar a magia dos momentos e capturar a eternidade!”(Octávio Paz) ..o talento está no olho do fotógrafo..muito bom..

evelyne-home-interiors disse...

Bom dia! Mas que bela forma de começar o meu dia, a apreciar as suas lindas fotos e a "viajar" consigo pelo nosso maravilhoso país. Parabém pelas fotos diárias e pelos pensamentos. Conheço muito bem o parque da Rabada, vivo a 5 minutos de carro! Parabéns pelo blog. Virei aqui mais vezes, para apreciar as suas fotos. Beijos.
Evelyne

Mona Lisa disse...

Dia a dia, consegues surpreender-me com a magia, sensibilidade e técnica que colocas nas tuas fotos.

Sem dúvida, tens POESIA no OLHAR!

Beijinhos.

Fatyly disse...

Estive a pôr a leitura em dia...e como sempre volto afirmar...como o norte é lindo! Que imagens fabulosas!

Eu além das mãos e pulsos...vai cara e por vezes o cabelo:):):):)

Eu e água somos muito compatíveis:)))

Graça Pimentel disse...

bem bonito! Até senti a frescura da água.

beijo