16.6.13

Uma fotografia por dia... nº 3006

Jardim Botânico do Porto, 2013
A altura da floração dos cactos são um momento a não perder, quer pela sua beleza, quer pela sua efemeridade! O contraste entre a delicadeza da flor e a austeridade e rudeza do cacto ainda realçam mais a beleza do conjunto! E, como diz o Poeta, o espinho não magoa a flor...

9 comentários:

Mona Lisa disse...


Nos "cactos" da vida os espinhos magoam as suas "flores".

Que maravilha de foto! Plena de cor e vida!

Beijinhos.

Graça Pimentel disse...

Linda flor. Um dos meus fracassos é que nunca um cacto floriu na minha casa. Nunca soube se a culpa é minha ou dos catos...

beijinho e bom domingo

elvira carvalho disse...

Adoro cactos. E fotos bonitas. E se os dois se conjugam melhor.
Um abraço e bom Domingo

► JOTA ENE ◄ disse...

Bela captura ...

http://photoessencia.blogspot.com/

Blackye disse...

É lindíssima! Gostei da foto.
Beijinhos

Manuel Luis disse...

A natureza nasce perfeita.
Excelentes fotos e como sempre, as poucas linhas de bem dizer.
Abraço

Elisa T. Campos disse...

Tão linda flor tem na rudeza do cacto os espinhos para protegê-la.

Maravilhosa postagem

Fatyly disse...

São de facto tão belas!

addiragram disse...

Encantou-me a luminosidade e a delicadeza!