31.5.13

Uma fotografia por dia... nº 2990

Porto, Jardim Botânico, 2013
Um jardim também é para ser visto à noite, daí que a sua iluminação seja um elemento fundamental. E para além da função meramente utilitária dessa iluminação, podemos e devemos apreciar o enquadramento e a simbiose arquitectónica desse tipo de função. E aqui temos o exemplo perfeito do bom gosto aliado à utilidade.

6 comentários:

Mona Lisa disse...

Subscrevo na íntegra o teu texto.

Na tua LINDA foto estão patentes o teu bom gosto aliado à tua sensibilidade e técnica fotográfica.

Beijinhos.

Ana Paula disse...

Lindo o teu enquadramento.
Adorei a foto. Beijo

Pérola disse...

A Luz torna-se necessária quase sempre.

Por vezes a escuridão pode ter o seu encanto.

Beijinho

Fábio Martins disse...

Eu não acho que seja para iluminar e mostrar o jardim mas sim iluminar zonas para que as pessoas possam andar sem andar com medo...

Graça Pimentel disse...

Andamos ambos nos candeeiros. Este é lindo e temos sorte de ainda não o terem substituído por um mamarracho...

Beijinho

Fatyly disse...

Subscrevo...mas por vezes a maioria não funcionam o que torna tudo mais assustador.