24.5.13

Uma fotografia por dia... nº 2983

Vila do Conde, 2013
Para além dos muros altos ergue-se, qual navio fantasma, a ala este do Convento de Sta. Clara! Quantos segredos esconderá?! Quanto sofrimento aquelas paredes terão sufocado para sempre?! Quantos sorrisos de conveniência terão aparecido aos visitantes?! Tudo são dúvidas que aquelas pedras nunca revelarão.

6 comentários:

Cristinix disse...

Que maravilha!

Mar Arável disse...

Pedras com vida por dentro

Mona Lisa disse...

A religião cristã teve sempre um papel castrador.

Os seus monumentos ostentavam a sua imponência exterior, ocultando a dor interior.

A tua foto está IMPONENTE!

Beijinhos.

jorge esteves disse...

Muito provavelmente, maior será, hoje, o sofrimento das próprias paredes, votadas à injúria de quem não merece futuro, porque não sabe respeitar o passado.
Apesar de tudo, o Convento 'ainda' conserva a sua grandiosidade e beleza. Por quanto tempo?...
abraço.

Graça Pimentel disse...

Fui à internet investigar este convento para saber o porquê dos gradeamentos. Com a extinção das ordens religiosas a vida no convento Com a com a morte da última freira.
Em 1902 as dependências do antigo convento receberam a Casa de Detenção e Correcção do Porto, depois Reformatório de Vila do Conde e Escola Profissional de Santa Clara, e Centro Educativo de Santa Clara, estabelecimento de tutela de menores que funcionou até 2007.
Atualmente encontra-se abandonado.
Em setembro de 2008 foi assinado um contrato entre o Turismo de Portugal e o Grupo Pestana com vista à sua transformação em Pousada de Portugal.
Esta pousada não chegou a ir para a frente devido à realização de um baixo assinado por muitos dos vilacondenses em que declararam em estar contra transformação do mosteiro em Pousada de Portugal.

Pena que não tenho ida avante a Pousada. era uma maneira de conservar estas instalações.

beijo

Fatyly disse...

Lindissimo e ainda bem que não revelam segredos e engraçado quando visito...nunca penso nisso, apenas penso "como deve ter sido duro a sua construção para centenas de seres humanos"