28.4.13

Uma fotografia por dia... nº 2957

Póvoa de Varzim, 2013
... como braços descarnados e suplicantes, estendem os seus ramos para o azul que é aquele sinal de que em breve ficarão todos recobertos de uma folhagem que tornará ainda mais agradável um passeio por aqui!

9 comentários:

Karine Tavares disse...

Passa lá em casa hoje: leiakarine.blogspot.com

Fatyly disse...

Oxalá que assim seja, porque os plátanos daqui foram podados de tal forma que na maioria deles... rebentos de nova folhagem? zero!!! Noutros parecem um pau com uma pequena cabeleira no topo.

Bem que houve avisos, baixo-assinados e o Seara ligou alguma? Enfim...

Fatyly disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fatyly disse...

para teres uma ideia e se te apetecer claro...vê este blogue de um grande defensor da natureza e sobretudo da serra de Sintra e zonas envolventes e agora acabei de saber que lá se foi mais um cedro que era uma pérola:

http://riodasmacas.blogspot.pt/

Mona Lisa disse...

Tal como as tuas árvores também nós , povo descarnado e suplicante, estendemos os braços numa ténue esperança de que o amanhã seja melhor.


A tua sensibilidade sempre patente no teu olhar. Linda foto.

Beijinhos.

Bergilde disse...

É muito agradável visitar seu blog e observar seu trabalho.
Uma imagem que realmente favorece nosso divagar...Abraços,

Caroline Godtbil disse...

São impressionantes assim, mas espero ver a foto deles cobertos de folhagem.
Beijos.

elvira carvalho disse...

No inicio do ano fiquei a olhar uma arvore assim frente à Igreja de Obidos. Impressionam. Tão diferente do Verão.
Um abraço e uma boa semana

Graça Pimentel disse...

Dá imenso jeito que não haja folhagem para não nos roubar o sol que, enquanto não aquecer, é precioso.
Claro que os meus olhos foram directos ao candeeiro...
Gostei imenso desta fotografia.

beijo