1.2.13

Uma fotografia por dia... nº 2871

Vila do Conde, Ponte de Ave, 2012
Os rios, os seus açudes e as suas sempre presentes azenhas. Esta tem a particularidade de ser arredondada na parede que enfrenta a corrente do rio, de modo a não oferecer tanta resistência à correnteza. É uma particularidade em que só aqui reparei, desconhecendo se também se verificam noutras.

8 comentários:

Mona Lisa disse...

Uma paisagem bucólica, onde o silêncio é rei!

Tão pertinho e desconhecia...

Ali estão elas, as azenhas, hoje descansando, mirando orgulhosamente a sua ancestralidade no belíssimo espelho d'água.

Parabéns, Manel por tão belo olhar!

Beijos.

Manu disse...

Excelente o reflexo na água. O pormenor do arredondamento na esquina é fantástico,pormenor muito interessante já usado pelos chineses que evitam esquinas, segundo as leis do Feng Shui, para que tudo circule e nada fique preso.

Beijos Manuel

L.S.A. disse...

Interessante, teres reparado nesse pormenor.
Certamente será pelas razões de que nos falas.
Vou pesquisar...!
Bom fim de semana

Graça Pimentel disse...

Bonita fotografia. E a Física e a Matemática sempre presentes no nosso dia a dia...

beijo

Remus disse...

Também nunca tinha reparado no pormenor do "arredondado".
Vou passar a estar mais atento.

Pérola disse...

Um pormenor a tomar em atenção.

beijinho

Fatyly disse...

pena é estarem sem qualquer utilidade...tal como o povo...tudo é votado ao abandono!

Se não me falha a memória existe uma na Serra da Arrábida.

Cristina Ferreira disse...

Que bonita paisagem.