22.1.13

Uma fotografia por dia... nº 2861

Vizela, Parque, 2012
São momentos como este que nos fazem sorrir, mas não pensem que foi fácil tirar este boneco! Chovia e fazia frio, mas não havia vento. Não, não se ouviam os nossos passos sobre a folhagem, porque tudo estava molhado! Mas, em contrapartida, ouvia-se aquele silêncio fantástico que sempre acompanha os momentos sublimes...

6 comentários:

Mona Lisa disse...

Momentos sublimes que a tua magnífica foto eterniza!

Beijos.

Gi disse...

Muito bonito/a!
Lembrei-me das árvores que caíram em Sintra e na mata de Monsanto em Lisboa, uma dor de alma.

Manu disse...

Momentos em que podemos encontrarmo-nos a sós com a natureza e dela receber tudo o que nos dá sem nada pedir em troca.
Deve ter sido um passeio reconfortante Manuel.

Beijos
Manu

Fatyly disse...

A natureza é de facto espectacular mas não ando em cima dessas folhas, pelo menos nas estradinhas de Sintra caso contrário faço sku:):)

Conforme afirmado por Gi...em Sintra caíram duas mil e tal árvores e já vi de longe parte delas por ser em plena serra e as acessibilidades só mesmo para pessoal especializado. Triste mas a natureza é quem mais manda!

Graça Pimentel disse...

Um bonita tapete de folhas. Pena não estarem debaixo dos nossos pés.

beijo

Remus disse...

Num primeiro impacto, ia dizer que a fotografia possui luminosidade a mais. Mas quanto mais olho para a fotografia, mais gosto dessa luz e claridade.