3.12.12

Uma fotografia por dia... nº 2811

MFC - Pé de Meia
Amarante, 2012
O tempo das certezas já passou há muito, tal como o tempo em que era entendido em tudo! Hoje tenho mais dúvidas, sei que ainda me falta aprender muito e quero ter tempo para as esclarecer. Gosto de pessoas e de as entender... é por aí que quero continuar a ir.

17 comentários:

Mona Lisa disse...

O tempo é de incertezas, tal como o meu...

Dúvidas não tenho sobre a tua belíssima foto onde a tua sensibilidade soube captar um ângulo fabuloso em que a ternura e colorido das flores amenizam a dureza da pedra!

Beijos.

Dudis disse...

Olá, incertezas, todos temos, e aprender, todos aprendemos, todos os dias um pouco, se assim o quisermos.
Bela foto, boa semana, bjos doces

Custódia C.C. disse...

Felizmente que conseguimos perceber a tempo essas nossas incertezas :)
Volto sempre com prazer às tuas fotos e aos teus textos ...

Remus disse...

Então... restauraram a parte de cima, mas não restauraram a parte de baixo?

Vivian disse...

...os sábios nunca tem
certezas de nada.

belissima imagem, tão
linda quanto o olhar
de quem a fotografou.

bjs do Brasil!

aflores disse...

Entender eu quero e gosto. Os outros é que nem sempre se fazem entender.

:)

Grande abraço!

Tudo de bom.

L.Reis disse...

Eu, certezas ainda vou tendo algumas, minúsculas, confesso, muito minhas admito e apenas as suficientes para que o acordar seja menos penoso...agora lá as pessoas...aí é que tenho um grande problema...não gosto lá muito delas...e não dúvido que o defeito seja meu.

Pérola disse...

Uma ambição de dificil concretização.
Cada tenho mais consciência da minha ignorância.
Boa sorte na tua demanda.

beijinho

maria madeira disse...

Eu confesso que tenho sempre muitas dúvidas. Por vezes falo como se tivesse certezas. Ás vezes pareço uma pessoa cheia de certezas. Mas quem sabe ler sinais, percebe que é uma simples defesa.
Dúvidas e disparates fazem quase sempre parte do meu menu diário.

Fábio Martins disse...

Gosto muito desse registo!

Paula Nogueira Guerra disse...

Como as flores dão logo um toque especial!!!!

Janita disse...

Há já algum tempo que não passava por aqui. Mea culpa, Manel!
Hoje senti muitas saudades tuas e resolvi vir, ver-te e ouvir-te.
Tive sorte!
A foto encerra toda a nostalgia do passado e as tuas palavras falam de um tempo de incertezas e dúvidas. Sei que gostas das pessoas e não existe ninguém mais predisposto do que tu, para entender todas as contradições, tão próprias do ser humano.
Continua igual a ti mesmo e segue esse caminho por onde queres continuar, para esclareceres todas as tuas dúvidas e incertezas.
Vais ver que o tempo será teu aliado...

Um grande beijinho, Manel.

E faz o favor de ser feliz.:)

Hanaé Pais disse...

As pessoas são uma eterna dúvida!
Garanto-lhe que vai ter sempre surpresas.
As flores são lindas.

Blackye disse...

Podemos viver eternamente (algo impossível, claro) e não compreender as pessoas, a natureza ou os animais... talvez porque não nos esforcemos o suficiente para as perceber.
Beijos

Fatyly disse...

e será sempre esse caminho a seguir...parabéns pela foto!

Beijos

Graça Pimentel disse...

Estive uns dias sem aqui vir e estava a perder muitas coisas lindas.
As tuas palavras estão muito na senda da Filosofia Aplicada. Acho óptimo.

Beijo

Elisa T. Campos disse...

Só sei que quanto mais aprendo menos sei.

Lindas palavras e imagem
bjs