26.11.12

Uma fotografia por dia... nº 2804

MFC - Pé de Meia
Beira Alta, Anta de Maze, 2012
Nesta aldeia serrana, totalmente votada ao abandono, medravam cabras e ovelhas... E esta engorda era feita com o tempo necessário a um crescimento são. Hoje fabricam-se cabras e ovelhas! E não me venham falar de progresso a este respeito, mas de um desrespeito pela natureza cujas consequências se determinarão na sua total extinção a muito curto prazo.

16 comentários:

Ana Paula disse...

As que hoje se fabricam não devem ostentar aqueles charmosos sininhos no pescoço que se ouvem na tua foto. Beijo

Mona Lisa disse...

Como tantas outras ,abandonadas, na solidão da montanha.

O abandono as fabrica!

O P&B aumentou o silêncio e dor que a tua fantástica foto me transmitiu!

Beijos.

Tétisq disse...

gosto muito desta fotografia :)

Marina Sena. disse...

linda fotografia, triste problema.

Naná disse...

Uma fotografia que capta bem uma certa tristeza dos tempos que passam.

Ah e estou plenamente de acordo no que toca a criar cabras e ovelhas a 1000 km/h

#*Marly Bastos*# disse...

Eita parece tão remota essa imagem que pareceu-me uma pintura à primeira vista. Essa fotografia merece um belo poster heim sr pé de meia.
bjks doces e boa semana.

Fatyly disse...

Infelizmente e a foto transmite uma tristeza que graça por quase todo o país!

Jorge Costa Reis disse...

Excelente captura !!!

Fábio Martins disse...

Muitas dessas aldeias vão acabar por ficarem apagadas... é uma tristeza. Costumes, tradições e até mesmo o povo dessas terras!

Excelente captura a p&b

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Linda foto. A opção p&b ficou excelente!

D. disse...

Esta foto está tão linda e melancólica. Adorei.

L.S.A. disse...

E não só...!
Um crescimento e engorda forçados através de produtos químicos, além dos químicos ingeridos através das pastagens, de onde desapareceram certos... (antes dizer elemtos...) para não ferir susceptibilidades...que nós próprios ingeríamos sem dar por isso, e tanta falta nos fazem.
Mas como lutar contra isto?
Se não comes tens um fim que parece estar hoje um pouco vulgarizado, e agarras-teao "pinto dum dia" que em cinco está pronto a comer...!
De quem é a culpa...?
A culpa, nós sabemos de quem é...!
Tens como alternativa (progutos biológicos... ahahah...)
Só que... eu gostava de saber... onde estão.
Esta tua foto é muito boa e faz-nos parar e pensar.
Manda mais, nas cores que empregas-te nesta, pode ser que através delas. um dia "alguém" pense nos netos que estão para vir.
Paranéns Manel

maria madeira disse...

Adorei a foto. Gosto destas fotos que parecem não possuir cor, mas que pessoalmente me dizem muito. Gosto daquela coisa de subir no horizonte. Dá a sensação que se vai chegar a algum lado. E isso conforta-nos.

Apesar de tudo seria bastante positivo que o fabricar de coisas passasse somente pelas ovelhas e cabras.

Sandra Rocha disse...

Completamente de acordo, o progresso é bom e necessário mas tem este dilema, as nossas aldeias e até vilas vão desaparecendo... bela foto

Pérola disse...

Até os peixeinhos são fabricados em tanques.
É o que dá um planeta superpopulado.

Beijo

paranoiasnfm disse...

Amo esta foto!!
Parabéns!