5.11.12

Uma fotografia por dia... nº 2783

MFC - Pé de Meia
S. Simão da Junqueira, Rio Este, 2012
Dizia alguém que os rios não são violentos se não tiverem margens a comprimi-los! Assim é o Povo não violento se os seus representantes cumprirem com a defesa dos direitos de quem os elegeu e não sejam paus mandados de interesses que nada têm a ver com a livre expressão do voto.

14 comentários:

Rute disse...

Que beleza de rio, que beleza de paisagem e que beleza de fotografia...gostei imenso:)

1 beijo

Maria Emilia Moreira disse...

Ora isso é que é falar ou melhor ...escrever. Estou plenamente de acordo.
Maria Emília

AnaMar (pseudónimo) disse...

________mesmo sem margens a comprimi-los, quantas vezes transbordam_______

(tantas saudades que eu tinha destas maravilhosas foto emolduradas de sábias e poéticas palavras:-)

Bj.º

Mona Lisa disse...

Belíssima analogia.A cruel realidade poeticamente descrita.

Receio que de tão violentamente espremidos não tenhamos forças para "transbordar", acabando por sucumbir!

Esqueci o texto e apenas olhei a tua magnífica foto que me transmitiu a paz que necessito!

Beijos.

Existe um Olhar disse...

E nas calmas águas desta foto, quero esquecer tudo o que possa comprimir a minha capacidade de lutar e navegar apenas com o meu olhar neste rio de margens tranquilas.

Jorge disse...

E transbordam quando lhe vedam os caminhos!

Fatyly disse...

Assertivo como sempre e a foto está lindíssima!

Ela disse...

ola!
Saudade de você!

Paula Nogueira Guerra disse...

Uma maravilha olhar para a natureza :)

Lu Guedes disse...

Lindissima foto e palavras precisas meu caro. Mas acho que infelizmente estamos a deriva.

bacio

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Foto que demonstra a frescura através das suas águas!

Graça Pimentel disse...

Bonita fotografia!

beijo

emptyspaces11 disse...

Que linda imagem!

Pérola disse...

Um rio politico: gosto.
Prefiro apreciá-lo sem comparações, mas a tua reflexão faz todo o sentido.

Beijinho