17.10.12

Uma fotografia por dia... nº 2764

MFC - Pé de Meia
Beira Alta ,Sernancelhe, Freixinho, 2012
Este Hotel Rural (Nossa Sra. do Carmo) era agradabilíssimo. Vivia-se ali um ambiente calmo acompanhado de uma decoração de muito bom gosto a fazer sobressair essa atmosfera acolhedora. E sabem uma coisa?! Acordava-se com o chilrear da passarada!

17 comentários:

Mona Lisa disse...

O exterior robusto e acolhedor faz adivinhar o aconchego do interior desta casa rústica , onde sinto o crepitar de umas "achas" na lareira...

As janelas (guilhotina) lembraram-me as da casa dos meus avós paternos.

Sente-se paz e liberdade, olhando a tua belíssima foto!

Beijos.

Maria disse...

O belo do interior do nosso país de que tenho tantas saudades...
Adoro estas casas de pedra!

Beijo.

Naná disse...

Um acordar maravilhoso esse!
Bjs

Fatyly disse...

Que maravilha...

Tanita disse...

Adoro casa com esta arquitectura. Bj**

Maria de Jesus Lourinho disse...

Se não tiver nenhuma televisão também quero ir aí.

Tétisq disse...

Vou usar uma foto tua em https://www.facebook.com/riscadoagiz

passa por lá*

Ovelha Flor Guerreira disse...

Imagino que sim! Conheço bem o género de paisagem...sou natural de lá perto! E lá cresci e me tornei uma mulher...

papoila disse...

Adoro a casa, vou ver se há mais informação na net!
Linda foto.
xx

Lilá(s) disse...

Parece bem agradável.
Bjs

Graça Pimentel disse...

Bonita fotografia!
Esta zona diz-me muito. Precisava de lá ir matar saudades.

beijo

lis disse...

Parece mesmo muito acolhedor.
Uma construção de pedra sempre me remete a tempos passados.Não se faz nada igual nos nossos tempos.
Muito lindo!

Remus disse...

Por mim, nem precisa de dizer mais nada, já estou convencido.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Turismo rural no seu esplendor...

Pérola disse...

Este tipo de casa encanta-me.

Nada como acordar com os passarinhos...

Beijinho

Reinadi Sampaio disse...

Belo! Gosto das janelas! A casa do meu Pai, lá no meu Sertão, tinha janelas iguais a essas. Lindas recordações.

L.Reis disse...

Este teu passeio a Sernancelhe ainda me vai obrigar a uma ideia desesperada do género: eu quero ir para ali!!!