8.10.12

Uma fotografia por dia... nº 2755

MFC - Pé de Meia
Ponte de Lima, 2012
As horas... o tempo... algum ócio! Temos uma forma diferente de sentir o tempo conforme as circunstâncias que estamos a viver. Ora parece-nos que corre que ninguém mais o apanha, ora o seu arrastamento até à náusea nos dá causa dos nervos. Raramente acertamos o nosso relógio biológico com o tempo do tempo!

23 comentários:

✿ chica disse...

Belo descanso e foto! beijos,chica

Maria disse...

Às vezes imagino-me assim. Quando (SE) chegar a esta bonita idade...

Beijos

Mona Lisa disse...

La siesta ou o peso do tempo?!

O tempo não nos deixa VIVER!


Parabéns pela foto!!!

Beijos.

anamar disse...

Verdade...
Abraço, Manel

Dudis disse...

Olá, bem verdade, ora não chega para nada, quando temos tanto para fazer, ora não passa quando estamos no posto médico á espera da consulta, é incrível como parece mesmo que está sempre contra nós ;-)
Gostei da foto, mas não quero chegar a essa idade.
Boa semana, bjos doces

Naná disse...

Agora descreveste tão bem a passagem do tempo...
Excelente registo a condizer com o texto!

Fatyly disse...

Pois é meu amigo, pois é..."o tempo do tempo"...bela imagem e no que estaria a pensar?

susan disse...

Estas são as imagens que vou observando diariamente...ficam retivas na memória do meu pc interno!
Quem na demora do tempo, comanda o tempo da nossa memória???
Beijinho

Cristina Ferreira disse...

O senhor dorme em um ambiente alegre, tudo vermelho.
Gostei da foto ali do Porto e concordo, é sempre um espetáculo.

Bjus

Maria de Jesus Lourinho disse...

Quando se envelhece, mesmo sentado num banco sem fazer nada, o tempo passa sempre a correr.

Fábio Martins disse...

Não gosto de ver pessoas com uma certa idade e sentadas sozinhas nos bancos de jardim... tanta gente que passa à sua frente e muitos nem um olá ou se precisa de algo...

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Fantástico apanhado!

Adri Aleixo disse...

Linda fotografia...tenho verdadeira paixão pela maturidade e seu tempo.
Amo envelhecer. Hoje é meu aniversário. Viva eu!!!

Paula Nogueira Guerra disse...

E viva o momento do descanso :)

Helena Prata disse...

Dormir em certas idades não escolhe hora nem sítio ;-)

Pérola disse...

Pareceque ansamos sempre com tempo a mais ou a menos.
Mas como tu dizes no teu cabeçalho:" A vida é demasiadamente séria, para ser lavada a sério".
A sério?

beijinho

Remus disse...

Este momento, com este enquadramento em que o vermelho "nos" cerca, tornou a fotografia em única e inesquecível.
Muito bom.

Graça Pimentel disse...

Bonita fotografia. Gosto muito de bancos...
Quanto ao tempo, subscrevo inteiramente as tuas palavras.

beijo

paranoiasnfm disse...

Grande foto!

Janita disse...

E tu? Como estás a sentir o tempo neste momento?
A correr veloz sem te dar o tempo de que necessitas para fazer o que gostas, ou a arrastar-se lento e nauseante, retirando-te a vontade de estares com os amigos a quem queres e que te querem bem?
Congecturas, que já se tornam difíceis e tão estranhas, Manel.

Abraço-te, Amigo.

Elisa T. Campos disse...

Um ócio invejável.

Jardim de Algodão Doce disse...

Gostei muito desta imagem. Os tons resultaram muito bem.

Eclipse com Amor disse...

Esta imagem aparece-me sempre ligada à música da Mafalda Veiga "...um velho sentado num jardim"
Lua