19.8.12

Uma fotografia por dia... nº 2705

MFC - Pé de Meia
Minho, Rodetes, Casas da Azenha, 2012
Uns procuram ver a mão de deus nesta beleza sem igual. Outros não se esquecem de ver essa mão na injustiça, que permanece no mundo e não se cansam de assinalar a vida depois da morte como prémio ou castigo. Não entendo essa necessidade. Maravilho-me com a beleza e revolto-me contra a injustiça... tão só! E não remeto para depois a sanação dos males. Os males devem ser combatidos aqui e agora.

19 comentários:

intimidades disse...

snifff

O meu blog foi considerado erradamente segundo o google spam pelo bots, mas eles demoram tanto tempo a restituir que daqui a nada crio outro

Bjinhos
Paula

Mona Lisa disse...

A beleza é um dom da natureza, enquanto que a injustiça é um "dom" dos humanos.

Penso sempre que... "cá se fazem, cá se pagam"!

Um dom da natureza que a tua sensibilidade captou!

Sente-se o silêncio envolto na frescura da água e a calma do verde!

Beijos.



Rute disse...

Bonito este pedacinho de natureza tão bem captado por ti...Gostei muito:)

1 beijo

Fatyly disse...

Subscrevo inteiramente..."aqui e gora"...e posso tomar uma banhoca na foto?:)

Ângela Almeida disse...

Que frescura !!
:)

addiragram disse...

Belo post, belíssima foto. 100% de acordo.

cris photos disse...

Que lugar gostoso, calmo e cheio de verde. Lindo demais.

Bjus

Graça Pimentel disse...

Com ou sem a mão de um deus, a natureza é maravilhosa e tem o dom de me deixar deslumbrada.

Continuação de boas férias. Para mim começam amanhã uns dias difíceis.

Naná disse...

Eu precisava de descanso.
Ao olhar esta foto, quis descansar aqui enquanto ouvia o suave marulhar da água!

Mallu disse...

Parece o paraiso

Pérola disse...

Este local nada tem de mal. Pelo contrário, é paradisiaco.
Não acredito nesses castigos no além.
O aqui e agora são visíveis e para aproveitar.
Lindos, a cascata, os fetos, o verde envolvente.
Nada iguala a natureza, talvez por isso se tenda a divinizá-la.

Beijinho

Reinadi Sampaio disse...

Transporto-me e aqui me encontro submersa nessas águas, esqueço os ímpios e os bons, só escuto as vozes que me permito – a da Natureza, pois as ‘humanas... ’ De há muito, só escuto o que me apraz... E,

Fecho-me flor, para o mundo lá fora...

Beijo meu amigo.
Reinadi.

Remus disse...

Os males somos todos nós. Somos a origem de tudo o que acontece de mal.
Temos que mudar a essência humana.

Túlia Catalão disse...

Um mergulho verdadeiramente belo
abraço

Canto da Boca disse...

Subscrevo, Manel!

Ana disse...

E está tudo (muito bem) dito!
Subscrevo integralmente.

Ana disse...

O meu filho está aqui comigo e disse: "Tão lindo, porque é que não vamos lá?"
Tenho que pedir as coordenadas.

Existe um Olhar disse...

Não vou falar sobre o texto, porque nada de novo iria acrescentar a não ser a concordância, vou limitar-me a ficar a contemplar e a sentir a paz que esta imagem me transmite.

Beijos Manuel

Elisa T. Campos disse...

Deus criou a beleza e a justiça.
Infelizmente só podemos apreciar a beleza e o Criador deve estar muito triste vendo tantas injustiças.
bjs