25.7.12

Uma fotografia por dia... nº 2680

MFC - Pé de Meia
Barcelos, Necessidades, Lagoa Negra, 2012
Há quase 40 anos esvaziamos um tanque enorme de rega, que havia ao fundo do quintal, cheio de carpas! Havia que fazer obras e o meu pai transportou-as a todas em sacos plásticos e povoou assim esta lagoa, que hoje possui carpas de mais de 5 quilos! A viagem de 5 km foi inesquecível e a deposição na lagoa das carpas foi comovente!

40 comentários:

papoila disse...

Deve ter sido mesmo inesquecível!

Ana Paula disse...

Significado especial à foto.
Beijo

Pec disse...

Bonito. :)

Mona Lisa disse...

Inesquecível e com final feliz!

Tão inesquecível que o partilhas nesta SIMPLES e SOBERBA foto, onde se sente e vê o movimento da água.

Beijos.

Maria disse...

É o que tem a fotografia de bom recordar certos momentos!
Esta além das recordações que te deixaram estes lugares deu-te uma fotografia maravilhosa com reflaxos muito bonitos.
Parabéns por ela e pelas recordações que tens deste lugar.
Abraço
G

Janita disse...

Há memórias que marcam a nossa vida e serão para sempre inesquecíveis, verdade Manel?
Linda a foto e emocionante a tua descrição.
Beijinhos, meu querido e inesquecível amigo!

Janita

✿ chica disse...

Coisas inesquecíveis!Lindo!abraços,chica

Maria Emilia Moreira disse...

Um belo gesto! Deve ter sido uma longa viagem...que jamais se esquece,naturalmente!Abraços.
M. Emília

Artes e escritas disse...

Lagoas com criação de carpas temos por aqui e eu conheço, realmente a água é terrosa, mas se pode ver a dança das carpas no fundo da lagoa, geralmente não muito funda. Muito bonita a sua exposição. Um abraço, Yayá.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo registo que retrata um belo gesto...Espectacular....
Cumprimentos

Naná disse...

Carpizaram a lagoa :)

Xs disse...

Muito bem! :)
É pena não termos todos essa preocupação!

Boop disse...

Momentos inesquecíveis!

paideleo disse...

Viaxes así pagan a pena.
Ogallá todo o mundo fixese igual.

abspinola disse...

Grande momento e memorias inesqueciveis.
Bjstos

Mar Arável disse...

Excelente

maceta disse...

isso é gostar da Vida...

CR disse...

Este teu jeito de nos fazer lembrar coisas que, por vezes, nem nós próprios somos capazes de lembrar...
A fotografia é bonita mas as palavras são, elas mesmo, fotografias do nosso passado. Grande abraço.

Gi disse...

Que bela ideia a do teu pai!

Remus disse...

E as carpas não tiveram direito a fotografia?
Até já estou a imagina-lo a segurar numa carpa só para a fotografia.
:-)

Dudis disse...

Olá, que bela ideia a do seu pai, é um paraíso natural para as carpas, devem viver aí muito felizes, e que bela recordação. Bjos doces

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Que foto soberba... e convidativa.

Bípede Falante disse...

memórias como essa justificam a vida.
beijoss

Existe um Olhar disse...

Comovente mesmo Manuel ler e atestar com uma bela foto um momento tão importante... já estou a imaginar a delicadeza e cuidado com que tudo foi feito.
São estas pequenas/grandes coisas que dão um sabor especial à vida.

Beijos Manuel

Graça Pimentel disse...

Deve ter sido um momento comovente e, logicamente, inesquecível.

beijo

Reinadi Sampaio disse...

Belo de se ler, sentir e ver!
Parabéns meu amigo!
Beijo.
Reinadi.

Multiolhares disse...

são a esses momentos que chamo de felicidade
beijinhos

Fábio Martins disse...

Então, não sobreviveram nessas águas?

Custódia C.C. disse...

Que boa lembrança essa :)

Paula Nogueira Guerra disse...

Momentos unicos que não serão esquecidos certamente :)

Pérola disse...

Até me ofuscou a luminosidade da imagem.
Lagos cheios de vida, há lá coisa melhor e se contribuiste tem um valor especial.
Os nenúfares, lá bem ao longe, encantam-me, vá-se lá saber porquê.
Um beijinho

lis disse...

Visitei uma sítio com um lago cheiinho de carpas, uma lindeza!
Pena que as suas se esconderam, tem que ser no silêncio ...
De fato, é uma experiencia única,primeiro por ser com o pai,depois com peixes esse mistério debaixo das águas .
Linda foto fc
saudade de ti

clutch and chic disse...

5 Kg é impressionante!!! Que boas memórias :)

Margarida Belchior disse...

... que liiiiiinda fotografia!! ... e que bom ela ajudar-te a povoar a vida de maravilhosas recordações.

:-))

A ignorância é muito atrevida: as carpas podem comer-se?

Beijinhos grds, na ignorância

Ana disse...

Gostei muito da atitude do teu pai. Hoje em dia, não me parece que tenham esse tipo de preocupação.
Linda foto :)

Beijinhos

Fatyly disse...

Se hoje ainda possui carpas é sinal que não há poluição.

Inesquecível mesmo e são esses actos que devemos passar aos mais novos!

Um beijo

L.Reis disse...

Isto é daquelas memórias que nos tornam gente...

Canto da Boca disse...

Manel, ser um guardador da natureza é mesmo uma sensação ímpar, inefável!

© Piedade Araújo Sol disse...

excelente foto!

beij

Elisa T. Campos disse...

Que exemplo de amor com a natureza o do seu pai.

Amei.
Bjs