21.7.12

Uma fotografia por dia... nº 2676

MFC - Pé de Meia
Guimarães, 2012
Artístico e funcional é com certeza, já que o gradeamento permite a função de segurança e o bojo permite ao utente conseguir ver o que se passa dos dois lados da janela. Romântico é que tenho dúvidas que o seja, embora isto seja completamente datado... o tempo do namoro de janela. Aliás pouco impedia, se os dois artistas fossem um pouquinho desempenados!!

34 comentários:

AC disse...

Desempenados?
Talvez a palavra certa seja contorcionistas. :)

Abraço

Janita disse...

Artístico, sem dúvida! Funcional já não acho tanto!
Gosto de me debruçar de uma janela.
Esses gradeamentos que marcaram uma época, tiram-me toda a sensação de liberdade que tanto aprecio.
Beijinhos, Manel.

Mona Lisa disse...

Apenas artística e funcional!

Detesto grades.Vejo-as sempre como inibidoras da liberdade.

Os "artistas" , possivelmente, "entrariam pelo cano"!

Magnífica foto. O pormenor do azulejo não te escapou!

Beijos.

Graça Pimentel disse...

Com boa vontade, tudo se resolve...
O gradeamento é lindo... visto por fora.

Beijinho

Margarida Belchior disse...

... gosto muito de ver as janelas desta época com estes gradeamentos - muito mais bonitos do que aqueles que hoje colocam nas janelas ...

... quanto ao mais... alguma vez alguma coisa impediu alguém de coisa alguma?!
:-))

Beijinhos grds, sem impedimentos

Canto da Boca disse...

Mas gosto da sinuosidade que deram ao ferro.

;)

Reinadi Sampaio disse...

Janelas...
Gosto de escrever falando de janelas, um dos meus sonetos preferidos - "Teu olhar janelas d'alma"

Tua imagem é bela; as grades, o tempo do namoro na janela - são como os sentimentos libertadores, mas tão prisioneiro como o mar.
(coisa de poeta, os trocadilhos).

Feliz fim de semana meu amigo.
Beijo.
Reinadi.

clutch and chic disse...

:). o que não se fazia naqueles tempos para conseguir algo...

Anna^ disse...

Estes gradeamentos marcam sem dúvida uma época...de namoro à janela ou não.
Dizes tu "artistas um pouquinho desempenados"...pobres artistas que iriam certamente ficar "empenados" p'ró resto da vida. (só de imaginar a cena não consigo parar de rir)

Bom fim de semana :)

Nicast disse...

Linda foto.

Curvo-me na janela
Bato a cara na grade
Cadê a sentinela?

C. disse...

acho-os até bastante bonitos, embora nao gostasse nada de viver nesses tempos.

Elisa T. Campos disse...

Gostei
Artistico e funcional até para esta época aqui, pois dá para ver o que se passa dos dois lados.

Mallu disse...

Gostei do nome da rua e da fotografia, tem charme

luisa disse...

Estas grades até têm algum encanto...mas aflige-me sempre um pouco este tipo de janelas.

Fatyly disse...

Realmente...outros tempos, embora em casa dos meus pais não existiam grades...e éramos super desempenados lol só as conheci já cá em Portugal. É uma obra lindíssima...

Fizeste-me rir:):):)

Margarida Alegria disse...

Sempre achei muito interessante este tipo de grades.
tens razão: assim permitiam a quemestava dentro espreitar melhor em seu redor!

Maria Emilia Moreira disse...

Muito artístico o gradeamento. Anda a ficar na moda aqui para os meus lados... a insegurança é mais que muita! Bom domingo.
M. Emília

Custódia C.C. disse...

Janelas com gradeamentos soaram-me sempre a prisão, mesmo que haja arte e há, no trabalhar do ferro. Mas gosto da foto :)

Pérola disse...

Esta janela podia tersido tirada na minha terra natal: Sardoal, conheces?
Pois, havia uma casa senhorial com janelas e gradeamentos iguais (agora é propriedade da câmara). Por momentos pensei estar a ver mal. Tem justificação: cresci perto desta casa e brinquei nas imediações delas muitas vezes, fizeste-me recuar à minha infância e juventude.
Tenho saudades daquela terra!

Tenho de falar da vila jardim do Ribatejo como foi chamada por Garett (se não estou errada). Tanta coisa para fotografar por lá, até um painel de azulejos com uma cena do Auto da Serra da Estrela onde Gil Vicente se refere a Sardoal.
Nem sei porque te incomodo com as minhas divagações.
Desculpa, não devo.
Mas, gostei tanto!
Um beijinho.

© Piedade Araújo Sol disse...

gostei da foto e da janela, embora com as suas grades é artística.

beij

Amapola disse...

Boa noite.

Janela tem muito romantismo.
Pena precisar ter grades, ainda que, bonitas!

Desejo-lhe um lindo fim de semana.

Beijos.

Fábio Martins disse...

Antigamente até deveria dar jeito para atar os lençóis na grade... imagina que prendiam ao pé da cama, ui! :P

Aqui na minha cidade já pouco ou nada se vê disso por causa da arquitectura moderna. Bah

mariiana capela fotografia disse...

As minhas janelas sao assim :)
Gostei!

João Menéres disse...

Excelente foto !
As grades só incomodam quem nelas for condenado a viver !

( Acabei a PdeV !)

Um abraço grato.

João Menéres disse...

Até tive a sorte de apanhar o FÉ EM DEUS a navegar !

maray disse...

minha mãe conheceu a fase do namoro na janela. Eu já "progredi": na minha época, namorava-se ao portão!! Quando a coisa ficava mais séria, o pretendente entrava e era apresentado à família. Eu namorava há apenas um mês quando minha mãe botou meu namorado pra dentro e perguntou na lata qual era a dele! Morri de vergonha!
Fazemos em janeiro próximo 42 anos de casados ;)

Existe um Olhar disse...

Gosto destas janelas, porque quase sempre estão bem enquadradas no estilo de arquitectura em que se inserem. Podem não dar jeito para o namoro, mas para os olhares se cruzarem, já é um começo.
Estranho sim, é o nome da casa_;)
Belo detalhe.

Beijos Manuel

lis disse...

Na minha modesta visão só um pouco necessárias.
Sinto-me meio presa, prefiro morar no último andar e aí nada de grades!
abraço meu querido fc

Blackye disse...

Lindo pormenor, eu gosto de ver esse tipo de gradeamento. Fica bem bonito nos postigos.
Mas tenho sérias dúvidas que alguém namorasse sequer a uma janela dessas.

maceta disse...

dá muito jeito nos rés do chão...

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

São as fotos que supostamente nao dizem anda que me dizem sempre tanto...

Remus disse...

Namorar à janela também tem o seu encanto. É preciso ter mais criatividade, para ultrapassar determinados problemas que se atravessam no nosso caminho.
:-P

Paula Nogueira Guerra disse...

Faz parte de um tempo, de uma época... do nosso povo!

Beijinhos doce xxx

Fragmentos Culturais disse...

Linda a janela!

E o enquadramento da pedra recorta-a no branco da parede.
Como sempre, um olhar atento e sensível.

O gradeamento faz parte de uma época em que não abundavam os ladrões. Outras seriam as preocupações?

Gosto de janelas que dão para efabular :-)