17.7.12

Uma fotografia por dia... nº 2672

MFC - Pé de Meia
Póvoa de Varzim, 2012
Não tenho com ele uma relação de amor ódio, pois que não o amo. Terei talvez uma relação de necessidade e de desprezo. É para mim um tema fechado. Não gosto de discussões acerca dele, fazendo apenas com que  me sirva e vendendo-me, por ele, o menos possível como assalariado que sou. É tão só um meio de intermediação (escasso) entre o desejo e o bem desejado.

43 comentários:

anamar disse...

Ainda bem que assim és...
Beijocas :))

Mona Lisa disse...

A ligação que estabelecemos com o dinheiro mostra como é a nossa relação com diversas áreas da vida.

Uma certeza...precisamos dele!

Uma foto original! Do que te lembras!!!

Beijos.

Lilá(s) disse...

Gosto dele porque preciso dele...só isso
Bjs

Maria Emilia Moreira disse...

Faz-me falta. Tenho que o contar e não gastar em inutilidades. Dois subsídios a menos "pesa" ,fora o resto que tem "voado"...
Abraços.
M. Emília

João Menéres disse...

Amar ?
- Não, não o amo !
Apenas queria que me saísse o Euromilhões em semana de Jacpote !
Entendidos ?

Claudia disse...

Bem bolado...abrs

yolcu disse...

These are favorite colors.

Marina Linhares disse...

Excelente seu blog.
Sensibilidade... cores... registros... tudo em perfeita harmonia.

Obrigada pela visita e comentário.
Bons Dias!!!

Naná disse...

Mfc, descreveste a forma como me relaciono com o dinheiro!
E também detesto discutir sobre isso, porque a minha relação com o meu pai foi claramente marcada por inúmeras discussões (acesas) sobre o vil metal!

Janita disse...

Não o amo, não o odeio nem o desprezo! Tenho, com ele, uma relação de mera necessidade, que me permita uma sobrevivência digna.
Apenas, isso!
Mas lá que gasto semanalmente dois euritos na esperança que me saia o euromilhões, não nego...

Beijinhos!

Maria de Jesus Lourinho disse...

Uma relação saudável e com muito potencial para ser duradoura, digo eu.

mundoacores disse...

E é uma relação muito boa. bjinhos

Margarida Belchior disse...

... é mesmo só para o que serve: nem de mais, nem de menos, sempre tive só o necessário.

... mas se me sair o euromilhões ... tenho projetos fantásticos!!

:-))

Beijinhos grds, a sonhar som o euromilhoões ... ;-)

marciagrega disse...

Concordo contigo...Não podemos odiá-lo, pois, necessitamos dele pra sobrevivermos...Nem tão pouco idolatrá-lo, pois que, seria nossa perdição...
Tenho uma relação de troca com ele...faço por merecê-lo e ponto!!!


Beijão

Miriam disse...

Um mal necessário!!! :)

Canto da Boca disse...

Perfeito, Manel, é só uma consequência... Não poderia ser melhor dito.

Beijo!

saboracasa disse...

temos de gostar dele porque necessitamos dele.
Para mim é um objecto que deve circular e guardar um pouco ...

Pérola disse...

Muito original a fotografia e o pensamento.
Podemos não o amar, mas é moeda de troca aceite, não lhe podemos virar as costas.
Gosto da tua forma de pores as coisas. Nada a acrescentar.
Beijinhos.

intimidades disse...

a minha relaccao com ele sao sapatos hehe

Bjinhos
Paula

Smareis disse...

Sou bem assim também.
Grande abraço!
Ótima semana!

L.Reis disse...

Comigo é assim: Tenho, tenho; não tenho paciência. E é quando não tenho que me surprendo com a quantidade de coisas que posso fazer sem ele.

Remus disse...

E cada vez mais escasso e cada vez mais uma fonte de preocupações.
Agora até os 1 cêntimo contam.

C. disse...

neste momento é o que move o mundo, infelizmente.

maria madeira disse...

"Falar" o estritamente necessário e cada um vai à sua vida...

maray disse...

gosto das coisas que posso comprar com ele. Embora tenha gostos modestíssimos, por natureza. Mas gostaria de ter mais para poder viajar em primeira classe, nos aviões! É meu sonho de consumo que, acho, nunca se realizará, a não ser que ganhe alguma mega-sena. Pena que eu não jogue ;)

Existe um Olhar disse...

Digamos que é um mal necessário, também não morro de amores por ele, serve-me apenas e nunca permito que ele se sirva de mim.
A foto está um espanto!

Beijos Manuel

Reinadi Sampaio disse...

Quem dera um dia fosse possível manipularmos com o pensamento os nossos desejos e necessidade... Pensava... Desejava... - Manifestava-se em nós - Adeus poder econômico.

Beijo meu amigo.
Reinadi.

Mim disse...

MFC... Eis o meu novo covil:
http://oslugaresdemim.blogspot.pt/

Beijo amigo,
Margarida
(exilio do (in)consciente)

*Já te sigo.

Multiolhares disse...

o dinheiro é algo essencial á nossa sobrevivência por isso penso que não o devemos de ver como inimigo,a dificuldade julgo eu é gerir o pouco que há
beijinhos

april disse...

acho que li algures o seu blog..

ah o dinheiro nao me faz feliz...entao de-me todo e seja feliz! ..se nao foi isto,foi algo do genero!
descp a falha, se a mesma existir!

a vrdd é que ele é algo necessário à vida de todos nós, sem ele nada feito!

Cumprimentos :-)

Paula Nogueira Guerra disse...

infelizmente não sabemos (ainda) viver sem ele... mas acredito que um dia deixe de existir!

Um beijo doce xxxx

Vera, a Loira disse...

Pensassem mais pessoas como tu e o mundo seria melhor.

Rute disse...

Pois...todos sabemos o que consegue mover aquilo a que alguém um dia chamou, " O vil metal".
Infelizmente, todos precisamos dele!

1 beijo

Maria disse...

Amar o dinheiro...!?
Nem pensar...!
Gosto de ter para aquilo que necessitar. Não morro de amores por ele.

Vanessa Gonçalves disse...

Isso sim é forma de pensar! Pena nem todas as pessoas serem assim.

Tétisq disse...

O pensamento é muito bom. A foto também porque dizem que vamos voltar às velhas moedas de escudos e assim ficamos com o registo.

lis disse...

É bom ter o suficiente _ e mais um pouquinho só_
sem nenhuma relação ... que não seja do prazer de usá-lo nas pequenas e grandes ocasiões.Sem neura!

greentea disse...

pois é , mas a verdade é que aqui há uns anitos éramos ricos com 100$00 e agora com um euro na bolsa não fazemos nadinha ... por isso tanta gente se vende !

Fatyly disse...

Também sempre fui assim e desde que estou em Portugal - 35 anos em crise - nunca ganharam bolor em casa nem no Banco:)

cris photos disse...

Sem ele não vivemos, mas que não sejamos escravos dele.

Bjus

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Os malres menores... e porém gostava tanto mais dos escudos...

um abraço

Su disse...

Completamente de acordo!
Beijinhos

Elisa T. Campos disse...

Não me faz feliz, mas queria alguns euros , o suficiente para conhecer o seu país.