6.7.12

Uma fotografia por dia... nº 2661

MFC - Pé de Meia
Póvoa de Varzim, 2012
Vivemos claramente numa sociedade em fim de ciclo. Vivemos uma situação social generalizada que não se pode manter sem graves convulsões sociais. Temos abundantes exemplos na História de períodos assim. Assim sendo, que esta podre modorra dure pouco e que a revolta se instale em definitivo. Espero e desejo que aconteça. A questão de hoje (do alargamento do roubo aos privados) é um bom motivo para sairmos de uma vez por todas solidariamente à rua e apear esta gente! Basta!! (Estou à vontade para defender este Direito à Indignação até porque não recebo os subsídios objectos deste roubo).

30 comentários:

Mona Lisa disse...

Recebia, descontei para os ter e fui ROUBADA!

Não creio que alguém se MEXA!Anda tudo ANESTESIADO!

Estou cada vez mais céptica!

Uma foto original!

Beijos.

Paula Nogueira Guerra disse...

Este país, infelizmente está a decair e a cada dia cada vez mais... vou fugir!

Lilá(s) disse...

Acho que já nada faz efeito, só vejo o pessoal cada vez mais "papa açorda"...
Bjs

João Menéres disse...

Bom, há uns que deviam ir borda fora, claro.

:.tossan® disse...

Temos que bater as panelas sempre. Aqui no Brasil todos puxam o saco do governo e acham que tudo está no seu lugar, é um álibi perfeito para os políticos e tudo continuará a mesma porcaria, sem estrutura na saúde e educação, mas quando estourar a bomba ... Abraço

Artes e escritas disse...

Outro dia me contaram sobre uma teoria pela qual tudo e todos estariam misturados para que a peneira fosse feita, não sou muito a favor, tenho receio do estado em que a cozinha irá ficar:) Um abraço, Yayá.

Artes e escritas disse...

Outro dia me contaram sobre uma teoria pela qual tudo e todos estariam misturados para que a peneira fosse feita, não sou muito a favor, tenho receio do estado em que a cozinha irá ficar:) Um abraço, Yayá.

Maria de Jesus Lourinho disse...

Eu também não recebo, mas concordo inteiramente contigo. Bj

Existe um Olhar disse...

Quando for para a rua gritar, chama-me, irei juntar-me com a força e a garra que merece toda esta cambada que nos governa.

Beijos Manuel

Xs disse...

Eu recebi ontem o 1º! Pela 1ª vez na vida. E já me querem tirá-lo.... :(

Jorge disse...

Eles queriam lá chegar, só que não sabiam como. O 1º ministro já diz à vontade: "Tem de ser"! Não há dúvida que é preciso tomar a Bastilha!

Fernanda disse...

Gosto muito das tuas fotos, dos teus pensamentos e acredito que de tudo em ti, mas estou de saída e não haverá retorno.

Obrigada pela amizade e por tudo que representaste para mim.

Um beijo

Pec disse...

Ainda ontem, em passeio com o meu pai aqui pela terrinha ribatejana, me deu uma sensação brutal de que mais que as posses privadas, parece que é o país todo que está à venda...

Remus disse...

Já o disse várias vezes: Tudo começou com o 25 de Abril e com a corja política que se instalou desde essa altura.
Dos que exerceram cargos políticos desde essa altura, só reconheço competência a um, que é o General Ramalho Eanes. Todos os outros, são nulidades parasitarias.

elvira carvalho disse...

Num País onde a fome se instala, o povo fica sem forças.
Um abraço e bom fim de semana

Fábio Martins disse...

O povo sempre se acostumou a comer e ficar calado no seu canto... enfim

Fatyly disse...

Também espero e desejo que aconteça o que referes...mas nesta altura que tudo vai a banhos mesmo cá dentro?

Cambada de pulhas e ladrões e amigos dos amigos corruptos...aos seus bolsos não vão eles.

Naná disse...

Nunca achei que emigrar fosse opção, mas começo a achar que este país já me está a abandonar... só vejo bandalhos incompetentes ao leme deste barco!

manuela barroso disse...

És a voz da revolta que já está sem voz!
Está tudo em transe hipnótico!
Um dia acordam...
Beijinhos

Rute disse...

Acredito, tal como tu, que estamos num fim de ciclo...o que nos reservará o futuro?!...não se augura nada de bom!

1 beijo

Maria disse...

Não insito á violência... mas sim á consciência duma situação que há muito se previa.
Todos sabiam e todos gastaram o que não podiam...

...e continuam a gastar...!

Elisa T. Campos disse...

Estou contigo e não abro mão.

Bina Ladina disse...

Concordo contigo.
E quando vou nas minhas breves deslocações com os taxistas, todos eles me falam de indignação por todo o lado mas.. Quando é que alguém faz alguma coisa para mudar esta situação vidente??
Tu sabes?
Eu não.... :(

Reinadi Sampaio disse...

Violência como direito!
Gostei de ler-te.


"Rebelião –
O mais sagrado dos direitos
O mais indispensável dos deveres"
(Fragmentos de uma citação em um trabalho - Reinadi Sampaio em "A natureza do conflito")
________________
Beijo meu amigo e que venham dias melhores.
Flor.

Graça Pimentel disse...

O problema é que "esta gente" são todos...

Pérola disse...

Uma sociedade em fim de ciclo.
Não poderia arranjar melhores palavras.
Resta-me as 'surpresas' com que os analistas não contam, os tais de imponderáveis. A ver vamos...
Um beijo.

AvoGI disse...

Roubar roubar e o lema é roubar mais e manter-se impune
kis :=)

Menina no Sotão disse...

O problema, talvez, seja que muita gente pensa em fim de ciclo como sendo o fim do mundo e então gritam os deuses alheios em fúria - uma simples tempestade vira indicativo divino. Então desejo que tudo isso passe o mais rápido possível mesmo. Bacio

Eli disse...

Basta.

maceta disse...

essa vai ser o detonador...