24.7.12

No dia de hoje... III

Dizia o meu amigo Jorge Costa Reis a propósito de um Pensamento do Dia:

Havia um que dizia: " O que é bom, nesta vida, ou faz mal ou é pecado ! ... Resguarda-te do que te faz mal, mas não fujas do pecado" :)

15 comentários:

Mona Lisa disse...

Bem pensado!!!

Beijos.

lis disse...

Incrementou uma nova forma de se comunicar ,em tempo mais real, eu gosto manoel.
Nem sempre comento, mas leio todos _ o pensamento (pro=fundo) eu morro de rir ,sempre!
abraços kirido amigo

Z.M.Z. disse...

Fujir do pecado...!?
E vamos para onde...?
Tudo é pecado!

tossan® disse...

Sou um pecador confesso. Abraço

NãoSouEuéaOutra disse...

se fugir do pecado, o bicho vai comer; se não fugir, o bicho come na mesma... então PEQUE!!!

Margarida Belchior disse...

... dane-se quem instituiu o "pecado"!! ... como podem "as coisas boas da vida" ser pecado?!? ... pensar no "pecado" é uma forma interiorizada e subtil de controlo social pelo "capital" ... para que os banqueiros não tenham que distribuir o seu dinheiro pelos seus "elegítimos/as" ... assim fica tudo a pensar no pecado!!

Margarida Belchior disse...

Errata:
*ilegítimos/as

PERSEVERÂNÇA disse...

Feliz terça-feira,
Bjs

clutch and chic disse...

gostei desta! beijinhos!

maria madeira disse...

É o tal do pecado (o que quer que isso queira dizer) que dá sabor à vida;)

Pérola disse...

Devemos ser evitar o mal, sem duvida. Agora o pecado está na cabeça de cada um, não é objectivo.

maceta disse...

sem mais... o que é muito bom tem efeitos secundários...

Reinadi Sampaio disse...

Lembrei-me de uma passagem em "O retrato de Dorian Gray", que citei (Epígrafe), na minha Monografia - A trajetória do corpo na história da humanidade.

Dedico ao teu pensamento profundo.

“Sou de parecer que se o homem vivesse plena e totalmente a sua vida, desse forma a todo sentimento, expressão a toda ideia, realidade a todo devaneio...creio que o mundo receberia um novo impulso eufórico, um impulso de alegria que nos faria esquecer todos os males do medievalismo e voltar aos ideais helênicos...talvez algo belo e mais rico do que o próprio ideal helênico. Mas o mais valoroso dos seres humanos tem medo de si mesmo. A mutilação do selvagem subsiste tragicamente na renúncia que nos estraga a vida. Somos punidos pelo que enjeitamos. Todo impulso que nos empenhamos em sufocar incuba no nosso espírito e nos envenena. Peque o corpo uma vez, e estará livre do pecado, porque a ação tem um dom purificador. Nada restará então, salvo a lembrança de um prazer, ou a volúpia de um arrependimento. A única maneira de se livrar de uma tentação é ceder-lhe. Resistamos-lhe, e a nossa alma adoecerá de desejo do que proibimos a nós mesmos, do que as suas leis monstruosas tornaram monstruoso e ilegítimo”.
(Oscar Wilde).__________

Feliz noite meu amigo, com ou sem pecados!

Beijo.
Reinadi.

Paula Nogueira Guerra disse...

Aproveitar ao máximo!
Bom pensamento :)

Anjo De Cor disse...

Excelente ;)