18.4.12

Uma fotografia por dia... nº 2582

MFC - Pé de Meia
Matosinhos, 2011
Eis que uma gaivota levanta voo. Não tarda nada que o bando despareça daqui e pare um pouco mais lá adiante. Gosto de estar aqui sem tempo a ver esta coreografia sem fim, que se repete uma e outra vez durante todo o dia!

53 comentários:

Mona Lisa disse...

Maravilha!

Logo...logo...levantam voo ,unidas, rasgando os ares do céu com seus bailados , plenos de liberdade...

Um olhar fantástico!

Beijos.

Maria disse...

Lindo!!!!!!
Sente-se o cheiro a maresia...

Beijo.

Graça Pimentel disse...

Uma imagem magnífica! O instante exacto.

Beijo

Blackye disse...

Que conjunto magnífico. Essas moças devem fazer tanto barulho juntas...

AvoGI disse...

até me pareciam pedras do calhau de toa juntas que estão! lindas
kis :=)

Leninha disse...

E até parece que estou a ver o Fernão Capelo Gaivota alçando vôo por aí.
Bjsssss,
Leninha

Smareis disse...

Que lindo.

A natureza nos prestigia com cada imagem fantástica.
O voar delas são lindo.

Abraço e ótima semana.

Smareis disse...

Que lindo.

A natureza nos prestigia com cada imagem fantástica.
O voar delas são lindo.

Abraço e ótima semana.

lis disse...

Parecem até corações desassossegados não é? uma grande festa, talvez quem sabe um banquete de peixes...
ficaria contigo a ver essa coreografia de bom grado.
bom dia ,enquanto levantas eu vou dormir rs

Canto da Boca disse...

Ah, se tivéssemos todos essa mesma harmonia...

Irene Alves disse...

Porreiro o momento que fixou em
que uma levantou voo. Eu adoro
gaivotas e de certa maneira elas
têm feito parte da m/vida.
Um beijnho.
Irene

Miguel Loureiro disse...

Numa leitura diferente, faz-me lembrar a sociedade atual, porque fomos nascidos para viver (voar) e somos obrigados a sobreviver (em terra), perdendo todos os sonhos que uma ave nos sugere ao vê-la livre...

Naná disse...

Tempos houve em que também tinha tempo para ver esse espectáculo!
Saudades...

Tanita disse...

mfc,
não gosto nada, porque tenho pavor a tudo que tenha penas. Ai só de pensar...

susan disse...

Voos fenomenais para admirar e até invejar de forma saudavel!
Beijinho

Questiuncas disse...

Por diversas vezes também fiquei a olhar para estes comportamentos colectivos.
Mas se eu fosse, gaivota ou pombo, passaria o dia todo a voar e quem quisesse que viesse atrás de mim.
Só à noite é que aterrava (literalmente e também no sentido de dormir).
Continuação de bons voos.

© Piedade Araújo Sol disse...

Também gosto.

e gosto da foto.

um beij

Margarida Belchior disse...

... são vôos como estes que levam as nossas almas a voar mais alto, a dançar até ao infinito, mergulhando no azul do céu ...
:-))

Beijinhos mto grds e dançantes

Remus disse...

Daqui a pouco estou a imagina-lo a correr pela praia e pelo meio das gaivotas, como fosse uma criança de 4 anos.
:-P

hfm disse...

Ena tantos!

Ana Paula disse...

Só mesmo a natureza para nos proporcionar um "estar aqui sem tempo".
Uma foto que encanta os sentidos.
Beijo

Anna^ disse...

Parecem autênticos comícios :)

abspinola disse...

Ficou uma maravilha de foto.
Adoro tirar a tudo o que se mexe.
É verdade mfc... já ha muito tempo que andava para colocar fotos minhas e agora é sempre.
Obrigada pelas tuas palavras sinceras e meigas
Bjstos

Fatyly disse...

Ontem também estive a ver um quadro semelhante...mas a ventania era tanta que quem se atrevia a levantar voo...logo aterrava.
Nunca tinha visto tal coisa...assim como o resto do areal...sem qualquer pegada e toda às ondinhas pequeninas.

Adorei o teu post...como todos né?

Mia disse...

Que bonita ;) Adorei a fotografia e o significado!

http://pegadafeminina.blogspot.pt/

maceta disse...

o mar sempre imenso...

Margarida Alegria disse...

As gaivotas têm uma construção social muito peculiar.Gosto imsnso dessas suas coreografias.
Há dias fiquei a a observar uma, que gritava sozinha num jardim público. outras duas tentavam aproximar-se, mas corria com elas...Parecia um daqueles velhotes a resmungar contra a vida e preço da gasolina!
Depois foi para cima de um candeeiro "dominar" tudo em redor!
Um beijo

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Excelente click!

Xs disse...

xiiii
Que foto espectacular!
Podias ter fotografado o levantamento!

A Minha Essência disse...

Gostava de ser como elas. ;)

Foto libertadora.

Turista disse...

Amigo Manel, apesar de gostar do momento que retrataste, a mim estas aves fazem-me um pouco de impressão: lembro-me sempre do filme "Os pássaros"...

Fábio Martins disse...

Eu acho tanta piada às gaivotas... noto que algumas são um bocadinho estúpidas mas epah, adoro observá-las na convivência entre elas :)

Bom click

Pérola disse...

As gaivotas hipnotizam-me, mas já vi do que podem fazer. No meio de tanta beleza também possuem um temperamento violento. Não consigo dissociar as sensações. Já as vi 'roubar' comida de crianças à beira-mar e de em bando, atacarem algo que as assusta. Podem ser como uma praga de gafanhotos.O bico delas é enorme e como bicam, magoam, nunca viste?
Contudo, continuo seduzida pala sua presença.

Jorge disse...

São gaivotas em terra
preparadas pra guerra!
Bonito!

Betty Gaeta disse...

A foto está maravilhosa. Adoraria estar neste lugar observando as gaivotas.
Beijos 1000 e um meio de semana maravilhoso para vc.

www.gosto-disto.com

Marta disse...

Adoro ver uma debandada.
Adoro correr para elas e ver como fogem de asas abertas pelo imenso céu azul.

CR disse...

São estas pequenas-grandes coisas que dão cor à vida.
Um abraço.

manuela barroso disse...

No seu reino, no seu mundo, cada uma no seu espaço, a indiferença, a observação ou a quietude do olhar.
E ficar-se-ia sem tempo não só vendo a coreografia, como colhendo filosofias de vida sem pressas desmedidas.
Uma foto desigual!
Beijinho

Pretty in Pink disse...

Cuidado, não vá alguma deixar um presente no teu ombro =P Mas falando a sério, também gosto muito de assistir a esse "espectáculo" :)

Beijinho*

addiragram disse...

Com as gaivotas podemos ter todas as surpresas:em grupo compacto, em alinhamento, solitárias, no momento do voo, em voo picado para capturarem algum peixe...É só esperar! Também gosto muito de as captar...nem que seja as suas pegadas.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Esta foto fez-me lembrar os pinguins na Terra do Fogo. Um dia destes eu mostro no On the rocks

Vera, a Loira disse...

Engraçado que adoro tirar fotos ás gaivotas, principalmente em voo.

Fernanda disse...

Tantas e maravilhosas ...
quase oiço a barulheira e sinto o cheiro a mar...
Deliciosa foto.
Obrigada

Beijo

Eli disse...

Acho que o que preciso é mesmo do mar!

Reinadi Sampaio disse...

No primeiro voo... deixo-me levar com ela!

Bela tua imagem, tuas palavras sempre cheias de poesia!
Beijo. Flor

Artes e escritas disse...

Linda coreografia! Um abraço, Yayá.

Artes e escritas disse...

Linda coreografia! Um abraço, Yayá.

Paula Nogueira Guerra disse...

Sou da opinião de que há uma praga de gaivotas... longe do mar elas andam e aos molhos, não entendo :(

Su disse...

Eu tenho pavor de gaivotas! :S

Existe um Olhar disse...

Para uma foto com esta beleza quase que de certeza que esteve bem quietinho a observar o bando.
Gosto de as ver assim pousadas no areal.

Beijos
Manu

Rute disse...

Grande imagem! aquela gaivota a levantar voo ficou espectacular. Adorei:)

1 beijo

Noslen ed azuos disse...

de tanta gaivota pra olhar esqueceria de mim...voar.

ns

Elisa T. Campos disse...

Já imaginei quando levantarem voos,
o farfalhar das asas.