18.3.12

Uma fotografia por dia... nº 2551

MFC - Pé de Meia
Lindoso, 2011
Os dois grandes poderes desde sempre na nossa História (a Igreja e Nobreza... leia-se hoje: poder económico) sempre foram aliados, apesar de alguns arrufos de circunstância sempre que tentaram exercer a supremacia um sobre o outro! De resto, sempre viveram (e vivem) na Paz do Senhor!

54 comentários:

Marly Bastos disse...

Houve o tempo em que os dois se fundiram e não se sabia mais separar um do outro. A igreja se corrompeu ao dinheiro da nobreza e essa se deixou levar, pois com sua riqueza pode comprar a autoridade e poder que a igreja sempre exerceu. Tomaram pra si as rédeas da igreja e ditavam suas regras. Hoje não é tanto assim, mas as raízes sempre ficam arraigadas não é?
A fotografia é linda e fico pensando como nossos ancestrais trabalhavam para fazer tão monumento.
Beijokas doces e um domingo maravilhoso sr pé de meia.

Mona Lisa disse...

Igreja, nobreza e não só!

Igreja e nobreza deixaram-nos belíssimas "memórias históricas", como esta, com que nos presenteaste nesta fabulosa foto.

Adorei o pormenor do Pelourinho.

Vi-me ,por ali,trepando, vasculhando...

Beijos.

IRIS disse...

é verdade, mas quanto à paz, penso que o senhor já foi menos da guerra... há que não desarmar do estado de alerta.
muito interessante esta tua imagem para esta tua ideia

"quicas" (joaquim do carmo) disse...

De mãos dadas, claro, na mira de seus interesses... tantas vezes (a maior parte) à custa do povo!
Abraço e bom Domingo!
jc

Tiago Guerreiro disse...

Bonito registo!

manuela barroso disse...

Ainda bem que a Igreja não é a Paz que o Coração apregoa. E Paz não é feita de muros de defesa, mas de portões abertos para o Amor!
..e a Paz de um lugar pacífico (hoje!) numa linda fotografia!
Beijinhos

Margarida Belchior disse...

... com tanto poder e se sempre tivessem vivido na "paz do senhor" - o mundo hoje seria outro ...
;-)

Belíssima fotografia!!

Beijinhos grds, hoje

Andy Santana disse...

Que linda imagem,
adorei o muro.
beijos

Rute disse...

Houve períodos da História onde esse facto, que não deixa de ser facto, foi mais gritante.

A fotografia está muito bonita...já devo ter escrito umas mil vezes que adoro muralhas, Castelos e afins...:)

1 beijo

João Menéres disse...

Tenho pena que a imagem não inclua os muitos espigueiros que aí mesmo ao lado se encontram, pois o POVO ficaria igualmente representado.

Um abraço.

Artes e escritas disse...

A Pax não é a paz. Um abraço, Yayá.

dade amorim disse...

Oura verdade e belíssima foto.

La sonrisa de Hiperión disse...

Campos de nuestra tierra...

Saludos y feliz domingo.

Fatyly disse...

e Vivem na Paz do Senhor cada vez mais alheios aos problemas reais da actual situação em que vivemos.

CR disse...

Excelente foto a ilustrar na perfeição o ponto de vista.
Um abraço.

☆•.¸.Mildred.¸.•☆ disse...

Linda foto de essa grande muralha!
E sim, a nobreza e a igreja vivem ricamente sem preocuparem muito com a miséria que continua se alastrando!

***
Um beijo da França * e feliz domingo****

susan disse...

E eu concordo com o "quicas"!!!

Abraço-te disse...

Lindo!!!

Abraço-te

Reinadi Sampaio disse...

Gosto de rever tudo que se refere à história da humanidade na sua trajetória. É fascinante (qual esta fotografia),embora, dolorosa muitas vezes (tal qual os ditames dos que detêm o poder).

Feliz dia de hoje!
Beijo.
Flor.

aflores disse...

Uma vez por outra (raramente) se zangam (as comadres), e aí... sabem-se as verdades.

:)

Tudo de bom.

♥ Luciana de Mira ♥ disse...

Gosto de visitar lugares assim, que contam uma grande história. Beijos

Pérola disse...

Duvido que o 'Senhor' morra de amores por esta aliança. Se formos ler a Sua mensagem, são muitas as histórias em que se insurgiu contra este estado de coisas. mas, a Igreja é feita de homens.
Restam-nos os vestigios desse poder, tão perecíveis...

Custódia C.C. disse...

O Castelo de Lindoso, traz-me recordações de umas das melhores férias que passei pelo Norte :)

joão l.henrique disse...

Bem observado...!

Um abraço.

© Piedade Araújo Sol disse...

pois é, tens razão.

quanto à foto está excelente.

um bom domingo

beij

O meu pensamento viaja disse...

Absolutamente de acordo. A foto está linda.
Beijo

maceta disse...

onde a castanha estiver eles estão lá...

SOL da Esteva disse...

O Hábito (do poder económico) sempre fez o Monge.
Agora, já não há volta a dar. Verdadeiros ou falsos, ambos ficam no "Convénio", Convento, São Bento...
Por aí!

Abraços

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.pt/

Irene Alves disse...

Sem dúvida meu amigo, aqui em
Portugal assim é.

Beijinho
Irene

tulipa disse...

...
Vim
deliciei-me
com a foto de Ponte de Lima, estive lá há pouco tempo!
...
HOJE
...
Meu ultimo post é sobre
MIRÓBRIGA
uma visita que fiz,
no sábado passado e adorei.

Acha que apenas 2 horas ao computador chega para eu fazer as pesquisas que faço?
...
o meu blog tem a função de INFORMAR
- PARTILHAR INFORMAÇÃO
que além de servir aos outros, também é muito bom para mim,
vou sempre APRENDENDO ALGO MAIS.
É isso que eu gosto de fazer:
aprender até morrer!
...

A Oeste, desenvolve-se uma faixa costeira, plana até ao mar.

Região húmida, dada a proximidade do Oceano, pode considerar-se como uma zona muito fértil do ponto de vista agrícola,
permitindo também o desenvolvimento da fruticultura, comprovada arqueologicamente em Miróbriga desde a ocupação romana.

Hoje reduzida no Sudoeste alentejano, a produção de azeite bem como a vinícola parece ter sido também abundante no período romano, tendo-se mantido durante a Idade Média e a Época Moderna.

Embora sejam apenas conhecidos alguns vestígios de casas agrícolas na área circundante a Miróbriga, em Alvalade do Sado,
a aproximadamente 20 km,
conhecem-se várias dessas explorações, as uillae, que deveriam pertencer a um conjunto mais vasto de pólos de exploração agro-pecuária, em íntima relação com a grande bacia hidrográfica do Sado.

A teia de relações entre Miróbriga e Sines, a Oeste;
entre Miróbriga e as povoações a Norte (Salacia, Caetobriga?); entre Miróbriga e o Sul
(Ilha do Pessegueiro, Porto Covo, Vila Nova de Milfontes e Odemira) e ainda entre Miróbriga e as zonas do interior, deveria ter-se fortalecido com a dominação latina.

marisocas disse...

Sempre foi e sempre será assim, infelizmente. E a prova viva está nesta foto... e muitos mais monumentos que se podem encontrar neste país fora.

polittikus disse...

se o mundo fosse "normal" o poder nos dias de hoje seria poder Político.... mas não é.

Jorge disse...

Copio o comentário do Quicas.

Elipse disse...

adoro.
Adoro as tuas fotos. Andei lá por baixo a ver coisas que trazia atrasadas. Qualidade, Manel! Muita qualidade!

Um beijo grande.

Gi disse...

Suponho que poderíamos analisar o texto com algum cuidado e discutir um ou dois pontos, mas a foto está muito bem apanhada.

Solange Maia disse...

a igreja, a nobreza, as pedras, os ocres, a aridez... tudo comunga tão bem...

em que paz ??

beijo carinhoso...

Eli disse...

Hoje deu-me para a inspiração, sem grandes explicações... eu olho para isto e vejo outras coisas. Já me passa, já, já!

:)

Lilá(s) disse...

Adorei esse muro, tantas história terá para contar...
Bjs

Pretty in Pink disse...

Esse local deve ser maravilhoso!

Boa semana ;)

ELIZABETH DE LIMA VENÂNCIO disse...

Somos humanos, demasiados humanos e assim não nos basta a certeza de nossa consciência, precisamos ouvir do outro, do que detém o poder, seja econômico ou religioso. para ditar nossos caminhos, para nos conformar com nossa miséria ou nos fazer sonhar com riquezas: aqui ou no céu.
(Muito obrigada por suas visitas ao meu blog. são um alento ao meu coração.)
um abraço.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Gostei muito da foto!
Abraço

O meu pensamento viaja disse...

Meu amigo, essa é uma limitação inaceitável e passa por uma coisa estranha chamada claustrofobia.
Disseram-me que a acupuntura opera milagres nesse campo. Porque não experimentas?
Beijo

Juliana Lira disse...

Que beleza de lugar, quanta história essas paredes nao abrigaram no decorrer dos anos...

Milhoes de beijos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Apesar de ambos terem práticas satânicas...

Naná disse...

Sem dúvida!

Remus disse...

Sempre foi e sempre será assim. Quem tem o poder, tenta sempre dominar.

Também nesta fotografia, para além de retratar os dois poderes (clero e nobreza), também temos um confronto de olhares entre o fotógrafo e aquela mulher na muralha.

Fernanda disse...

Conheço...

Beijo

paideleo disse...

A min préstame máis a vista para o outro lado. Non sei eu pero Lindoso debe de ter o récord Guinness de espigueiros xuntos.

Graça Pimentel disse...

Bonita fotografia! Gostei.

Beijo

o chacal disse...

boa foto.

abraço

lis disse...

Muita história e pouca sabedoria.
A foto é boa mfc
A Paz do Senhor é que já nao sei rs
será?
um abraço

C. disse...

Nesse caso, ficam minhas dúvidas se vivem em PAZ mesmo...


Beijinhos, bonita foto!

Elisa T. Campos disse...

Agora só reina o silêncio quebrado as vezes pelas intempéries.

Canto da Boca disse...

E o povo no inferno, se lascando!