24.2.12

Uma fotografia por dia... nº 2528

MFC - Pé de meia
Bragança, Castelo, 2011
A guerra era feita em nome da paz. A guerra era feita para defender a fé de quem a não atacava. A guerra era feita em nome da santidade. A guerra era feita em nome da justiça. A guerra era apanágio dos bons. E continua a ser uma óptima desculpa...
A guerra santa foi um holocausto, pelo qual ainda não foram pedidas desculpas.

43 comentários:

Dr. Assur disse...

O que é a guerra? :)

Janita disse...

Gosto sempre de tudo o que escreves, embora por vezes possa ver as coisas sob um prisma ligeiramente diferente.
Hoje, posso dizer que faço minhas todas as tuas palavras!
Em nome de Deus se têm cometido, ao longo dos séculos, as mais cruéis barbaridades.
O Homem arranja sempre uma desculpa para camuflar os seus instintos sanguinários e primitivos na luta pelo poder.
Um dia vou ter de ir a Bragança visitar esse Castelo.

Beijinhos, Manel.

Mona Lisa disse...

Um grito de revolta...

A guerra...a guerra...a guerra é (sempre) feita em nome de algo que serve ( sempre)os interesses dos mesmos, sendo as vitimas (sempre) as mesmas...

A tua sensibilidade na escolha do pormenor, soberbamente legendado.

Beijos.

dade amorim disse...

Pura verdade, mfc, pura verdade.

Mena disse...

Gosto da foto... e da legenda... pois então!


Bjinho grande

Margarida Belchior disse...

... hoje as guerras são feitas em nome da "democracia", à boa maneira ocidental ... são estes os "bons"!
:-)

Uma foto muito bonita!! Parabéns!!

Beijinhos grds, sem precisar de desculpas

Filha do Rei disse...

E continua a ser um grande engano, a guerra.

Maria Emilia Moreira disse...

Essa é a verdade pura e dura...
e continua...os homens nunca mais ganham juízo..ou será que não convém?!

Vivian disse...

...se quisermos a paz
havemos de nos preparar
para a guerra.

não é assim que acontece?

belo post, como sempre!

bjokas, menino!

ams disse...

Não há desculpa alguma para a guerra, seja qual for a forma ou o motivo. O sofrimento humano de alguns é incompreensível num mundo onde só estamos de passagem.

Fatyly disse...

A foto está excelente!Subscrevo inteiramente e ainda há por proferir tantas desculpas!

Tanita disse...

Manuel (ah como adoro o teu nome, vá lá saber-se porquê),
Ainda hoje se comentem crimes e se maltratam pessoas em nome de um Deus, se este Deus existe (será que existe? eu não acredito) quererá mesmo fazer estas atrocidades, aprovou ele tanta guerra? talvez assim não seja a pessoa, em que tantos acreditam. Bj**

2 ZEROS disse...

Não foram nem serão.
Como pedir desculpas do que é santo?
Como pedir desculpas do que é a bem da humanidade... como pedir desculpas do que é ... a bem das Nações?

ponto e virgula disse...

guerras...

ainda hoje não consigo tirar uma conclusão de quem tem razão e quem é o inimigo se os que estão de um lado ou os que estão no outro. as partes defendem as sua causa a sua fé...

guerras...


sobre a foto, já sabes o meu comentário.



a...té

Artes e escritas disse...

Infelizmente a guerra é uma boa desculpa, parabéns pelo texto. Um abraço, Yayá.

Paranoiasnfm disse...

A guerra é uma treta.

Adoro a foto!

Reinadi Sampaio disse...

Gosto de ler sobre todas as coisas expressas aqui em tuas imagens. Essa é belíssima!

Em um trabalho meu para a Faculdade escrevi sobre " O conflito: sua natureza e suas manifestações" -

Para Platão, Aristóteles e Maquiavel o conflito existe, está dentro do próprio homem, faz parte da sua natureza, são necessários, não fazem parte da cosmologia (pensamento de Zoroastro) e, sim, dentro da realidade humana, dentro da conjuntura sócio-político-cultural, e que devem ser administrados através de uma ética de controle.

Na Idade Média a guerra ocorria por conta dos cristão que acreditavam em uma força do mal, em guerra contra Deus.

Esta guerra é uma guerra onde a violência se faz necessária como luta contra a própria violência do mal, para atingir a paz tão desejada.

_________________

E assim, tudo se repete nos nossos dias.

Um grande abraço meu amigo.
Flor.

Reinadi Sampaio disse...

Ah, o ponto principal:[...] existe uma questão muito mais séria: "o poder econômico"[...]

Flor.

Naná disse...

Todas as guerras têm sido holocaustos, sejam elas motivadas pelo que forem... e nunca se pedem desculpas...

Maria de Jesus Lourinho disse...

A guerra era feita sobretudo por motivos económicos. Desgraçadamente, continua a ser assim; só mudou a técnica.

manuela barroso disse...

Guerra...
Uma palavra que me soa como uma onomatopeia macabra
Prefiro falar do antónimo cujo som é branco! Paz..............

Um pormenor lindo e curioso.
Bejinhos

polittikus disse...

A guerra independentemente dos seus motivos é um negócio...

Margarida disse...

O homem arranja sempre boas desculpas para praticar o mal mas envergonha se de praticar o bem!
A foto? Adoro.

Teresa disse...

ai que um dia a gente vai ter tanto, tanto que falar! há tantos "pensamentos" comuns :)

O meu pensamento viaja disse...

Triste ironia que é fazer a guerra em nome do AMOR.
Obrigado pelo teu comentário.Também gosto muito da tua escrita.
beijo

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Sumptuosa foto!!!
Sem mais palavras, adoro subir a esse castelo, um dos mais bonitos de Portugal.

Abraço

Maria Alice Cerqueira disse...

Bom dia prezado Amigo
Venho agradecer a sua amável visita e sua presença lá no meu recanto,
Seja sempre muito bem vindo ao mundo magico do coração.
A guerra sempre será guerra, ela nunca nos trará paz, pois só o bem e a serenidade nos fará sentir o Verdadeiro Amor!
Bom fim de semana
Abraço Fraterno
Maria Alice

Irene Alves disse...

Sou contra qualquer tipo de guerra.
Amigo pode dizer-me, por favor, se
ainda aparece as letrinhas quando
envia comentário.Para eu saber.
Beijinho.
Irene

Existe um Olhar disse...

Inventam-se desculpas para fazer a guerra. Guerra de interesses, guerra em nome de tudo, e por causa de tudo...não consigo compreendê-la, já que para mim o maior bem é viver em paz e poder espreitar a foto de um castelo que deve ser lindo!

Beijos
Manu

Remus disse...

Seja qual for a guerra, seja em que tempo for, é sempre pelos motivos errados.

:.tossan® disse...

Guerra é coisa de tolos que querem o petróleo. Se houver outro motivo me avise. Gostei da foto! Abraço

Paula Barros disse...

E se faz guerra por todos os motivos, mais banais possíveis.

Em alguns lugares de Portugal tentei fotografar através destas marcas, destas brechas, deixar o olhar ir longe. Saudade!

joaquim disse...

Seteiras em forma de cruz - a guerra e o seu fundamento assumidos.
Também costumo usar destas construções fotográficas em situações semelhantes - são irresistíveis.

Vanessa Gonçalves disse...

A Guerra é a coisa mais estúpida que pode existir..faz sofrer em troca poder.

Canto da Boca disse...

Quantos absurdos não se comete em nome da paz, da fé, da justiça?

Nós e nossos conceitos e interesses. Eu costumo dizer que o ser humano é a maior tragédia da natureza!

Foto bastante emblemática, Manel!

Beijão!

maceta disse...

muito trabalho sempre tiveram os deuses para satisfazer os litigantes...

Graça Pimentel disse...

E a guerra nos dias de hoje?

beijo

Flip disse...

pois... mas deixa estar assim, não mexas muito

lis disse...

"Os homens fazem a guerra e depois tratam da paz"contabilizando o lucro ...
Em nome de Alá quanta barbaridade!
bonito o castelo e o símbolo!
abraço

Em@ disse...

deixo a guerra.
falo só da fotografia...pormenores de que gosto.conheci bem Bragança, quando comecei a minha carreira. já lá não vou há alguns anos...
beijo

© Piedade Araújo Sol disse...

um pormenor muito interessante (falando da foto)

um beij

Rute disse...

A fotografia está muito bonita. Gostei mesmo!

Já a guerra...Grandes atrocidades se fizeram ao longo da História da humanidade, em nome de Deus e da (suposta)paz.

1 beijo

Elisa T. Campos disse...

Foto e texto bem pensado.

bjs