21.2.12

Uma fotografia por dia... nº 2525

MFC - Pé de Meia
Alcañices, Igreja matriz
Esta é uma típica igreja Leonesa e repare-se que a torre sineira em nada difere daquela que há dias publiquei da aldeia de Azinhoso. Há uma aglutinação de estilos... há uma continuidade que as fronteiras artificiais separaram um dia. Os poderes sempre se impuseram aos interesses das populações!

41 comentários:

dade amorim disse...

Linda foto.

Marly Bastos disse...

Imponente e bela! A história de um povo contada a partir de feitos arquitetônicos.
Maravilhosa foto sr pé de meia!
beijokas doces

Margarida Belchior disse...

Conseguiste apanhar um belíssimo ângulo: liiinda fotografia.

... as fronteiras são imposições dos poderosos que em muitos locais e diferentes tempos separaram culturas, povos, amigos, famílias, ... mas ... "a necessidade aguça o engenho" e o povo não se deixa vergar facilmente - não foi assim que o povo fez com o "feriado do Carnaval"? ... :-))

Beijinhos grds, não fantasiados
:-))

Ela disse...

Eu adoro Igrejas.

Quer ver minha coleção:
http://www.facebook.com/media/set/?set=a.1661027737071.78174.1578533965&type=3

adorei esta!

Andy Santana disse...

Que linda arquitetura...
adorei
beijos

Tanita disse...

E continuam a impor-se.

Teresa Durães disse...

Não deixa de ser bonita!

Xs disse...

Tu fartas-te de conhecer sítios e de fotografar!

Diana Tavares disse...

parece ser bonita:)

Andy Santana disse...

Bom dia!!!!
beijos

Custódia C.C. disse...

Penso que as fronteiras naturais e culturais nunca poderão ser destruídas, mesmo contra a vontade de alguns.

Fatyly disse...

A tua última frase diz tudo e é e será sempre assim!

Irene Alves disse...

Mais uma excelente fotografia.
Bj.Irene

Turista disse...

Amigo mfc, obrigado por ter aceite o desafio. :)

© Piedade Araújo Sol disse...

não conheço a zona.
tenho que ir lá espreitar.
a foto está excelente.

beij

SOL da Esteva disse...

A Arquitectura revela a cultura dum Povo e duma época. Quase se pode descrever o modo de vida das gentes.
Uma Foto, revela a sensibilidade estética do autor.
Dum modo ou de outro há o Comentário que completa (de certo modo) quanto se vê. Isso é bom e imprescindível.
Parabéns.

Abraços

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.com/

♥ Luciana de Mira ♥ disse...

COmo sempre, maravilhoso post! adoro vir aqui e ver suas fotos lindas! Beijos!

Natália Campos disse...

Que linda fotografia :D

intimidades disse...

Porque tanta grade?

Bjinhos
paula

La sonrisa de Hiperión disse...

Piedra pura la que nos dejas.

Saludos.

Fernanda disse...

É uma constante encontrar uma mistura incrível de estilos na arquitectura portuguesa e não só.

Curiosamente não percebo nada do tema, mas quando me é explicado em visitas que faço, acho interessante e em muitos casos gosto da mescla.

Beijo e boas fotos.

Remus disse...

Sim, é verdade.
Também é verdade que quase sempre, os edifícios históricos são muito melhor cuidados do lado de lá, do que do lado de cá.

tulipa disse...

O mfc pediu-me para retirar a "Verificação de palavras"
e, já o fiz, depois de me ensinarem é diferente!!!
Eu não sabia como fazer,
mas como me deram as instruções, já o fiz.
Concordo que é uma coisa que detesto fazer...!!!
Tomara que todas as pessoas fizessem o mesmo.

A verificação de palavras é muito aborrecido de se fazer,
ter que escrever as letrinhas ao deixar um comentário
torna-se irritante.

No meu caso,
deixo mesmo de deixar comentários pois perde-se imenso tempo...
e, cada vez há menos tempo para visitar-mos os blogues todos.

Por isso, e para que se possa comentar à vontade nos blogues que seguimos, é muito mais fácil se retirarem esta opção,
deixando apenas os comentários moderados.
Eu nem isso, aceito os comentários todos, não modero nada!

joaquimdocarmo disse...

E um olhar, sempre especial, para lá de quaisquer estilos...
Abraço
jc

Paula Barros disse...

Observando.

bjs

marciagrega disse...

Ah os poderes! Estes sempre estão se impondo contra tudo e contra todos...

Um abraço!

Lacorrilha disse...

Mais um monumento que eu adoraria visitar. Este blogue tb é um belo guia-turístico.

Graça Pimentel disse...

Curiosa a semalhança entre as duas igrejas. Realmente há coisas que as fronteiras nunca separarão.

Beijo grande

O Puma disse...

Parece.me o desacordo ortográfico

Janita disse...

Gosto muito da foto e apreciei especialmente a tua chamada de atenção para a mistura de estilos.
Um pormenor que me saltou à vista foram os gradeamentos em ferro.
As fotos são sempre lindíssimas, mas o complemento dos teus textos representam o todo da beleza final.

Beijinhos, Manel.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Aqui entre nós que ninguém nos ouve... Estive em setembro em Alcañices, mas só fui lá meter gasolina, antes de entrar em Portugal. Já vinha atrasado ( andava em trabalho e semi-férias) e não fazia ideia que tivesse algo digno de ser visto. Devia ter publicado esta foto há mais tempo :-)

Existe um Olhar disse...

Gosto da foto e da informação, já que sou uma amante de História e toda a arquitectura a ela inerente.

Beijos
Manu

manuela barroso disse...

O Poder e o Querer.
Impossível obrigar a poder.
Impossível obrigar a querer.
Os poderes são impostos.
O querer...quem impõe é o coração!

E o coração derruba fronteiras, nascendo quereres como este templo numa linda foto como já é teu apanágio.
Beijinhos

Reinadi Sampaio disse...

Aqui gosto de ficar momentos em silêncio olhando..., cada detalhe! Esqueço dos "podres poderes" como já dizia Caetano Veloso. Viajo na Arte, no Tempo e só permanece em mim o Belo!

Parabéns POETA das Imagens!
Abraço.
Flor.

ponto e virgula disse...

acompanhada de uma legendagem de grande saber histórico e apreciador, magistosa fotografia desafiando o olhar ao vivo...


a...té

maceta disse...

os empreiteiros da altura seguiam a mesma fachada.

lis disse...

Há também uma variedade de belezas por aí. Nem preciso ir mais a Portugal, aprecio ao longe ...
Obrigada por compartilhar comigo.

Mona Lisa disse...

E assim continuará!

Adorei o post.
Um conjunto soberbo e intrutivo.

Bjs.

Paranoiasnfm disse...

Lindo! :)

Canto da Boca disse...

O poder pela forma...

Elisa T. Campos disse...

P0rtugal tem uma infinidade de arquiteturas históricas.
Obrigada por me mostrar.

bjs