4.2.12

Uma fotografia por dia... nº 2508

MFC - Pé de Meia
Vimioso, Rio Maçãs, 2011
A calmaria de um fim de tarde sem vento. Anoitecia ao som das rãs que coaxavam ao desafio. De vez em quando lá saltava uma ali e outra acolá. Estava sentado num banco sobranceiro ao rio a apreciar este espectáculo... e não havia ninguém a cobrar bilhetes!

54 comentários:

João Menéres disse...

O azul do último plano está muito bonito.
E o verde das plantas, então, NEM SE FALA !

Esta imagem transmite muita CALMA.

Um ab.

Mona Lisa disse...

Um post belíssimo.A tua sensibilidade ao rubro!

Uma paisagem única, poeticamente legendada.

Um local onde a paz é rainha. Conseguiste que ouvisse o coaxar das rãs.

Os meus sinceros parabéns!

Bjs.

IRIS disse...

imagética, a tua descrição. estou aqui recostada no sofá a ver e a ouvir a fotografia ... :-)

Manuel Luis disse...

É justo! O que pertence a todos é gratuito. Faz falta uns pingos de chuva para salpicar aquela calmaria.

Janita disse...

Felizmente que ainda nos podemos deliciar e descontrair, a apreciar as belezas que a Mãe Natureza nos proporciona...gratuitamente!

Linda a imagem e, claro, o texto.

Beijinhos sorridentes.

Maria disse...

Es um sortudo, poder estar sentado numa cadeira a ver esta beleza... até esquecemos o que nos preocupa...

Dulce disse...

Olhe lá... não lhes dê ideias... :)

Leninha disse...

É amigo,a natureza nada nos cobra e é tão judiada por alguns de nossos irmãos...

Linda a tua foto,Manel...trouxe paz à minha noite.
Bjsssss,
Leninha

Dudis disse...

Olá, realmente não me canso de olhar para a agua, seja no rio ou no mar, trás uma sensação de paz incrível, e realmente por enquanto não se paga ;) bom fim de semana, bjos doces

lis disse...

queria estar contigo , sem rãs rsrs
todos temos um rio que passa na nossa vida como na música do Paulinho da Viola- " foi um rio que passou na minha vida e meu coração se deixou levar..."
abraços e bom sábado

AvoGI disse...

vimioso . hei-de ir daqui a dias até lá . vamos ?
kis .=)

Fatyly disse...

dizes bem..."sem vento"...e que maravilha que é sentir essa "não cobrança.

Gostei muito!

Ana Paula disse...

Cada vez mais raros os momentos de graça e graça.
Beijo

Betty Gaeta disse...

A foto está linda, mas dispenso este espetáculo, pois tenho medo de sapos e rãs ...
:)))
Beijos 1000 e um ótimo final de semana para vc.

www.gosto-disto.com

rouxinol de Bernardim disse...

A natureza em estado puro...

aflores disse...

De borla até injecção :)))))
Essa calmaria de fim de tarde faz esquecer este frio de "cortar à faca" :o)

Grande abraço!

Tudo de bom.

Libel disse...

E sapos?...por acaso não viste nenhum, ora bolas, já nem as histórias de encantar estão do meu lado.

Bom,mas por outro lado, fico encantada com a calmaria que desperta dessa foto e a bela prosa que a faz acompanhar. Estás a ficar muito romântico, ..olha olha...saltou, eu vi...juro...estava ali, e saltou para ali...seria um sapo??...

Ahahhaha..beijinhos
BFS

Existe Um Olhar disse...

Um cenário de encantar, uma realidade mágica, um fim de tarde calmo que tu realçaste com as palavras certas.

Beijos
Manu

La sonrisa de Hiperión disse...

Que tendrá el agua, en tierra firme, que tanto nos atrae...

Saludos y buen fin de semana.

Mena disse...

Uau!

bj

Andre Martin disse...

Parece mesmo um charco... e havendo rãs, confirma a suspeita, apesar de não ouvi-las do lado de cá...


Lembrei-me de uma pergunta (infame):
- Qual a diferença entre uma lagoa e uma padaria ?

Resposta:
- É que na lagoa há sapão, e na padaria, assa pão.

polittikus disse...

Em Lisboa um "espectáculo" destes tem um preço absurdo...

Camille disse...

que paz trás esse post! gostei!
bjs

addiragram disse...

Momentos eternos que nunca nos deixam.

Magia da Inês disse...

Esses momentos são os melhores de nossas vidas... quando nos desligamos dos espinhos do nosso caminho.
Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil

✿⊱╮
¸.•°`♥✿⊱╮

Flip disse...

sereno o texto e serena a imagem
Abraço

Ana disse...

Assim é que é bom! Assistir a um espetáculo gratuito e provavelmente inesperado! Adorei os verdes :)

Multiolhares disse...

são a esses momento que chamo de felicidade
bjs

joão l.henrique disse...

Que saudável é, poder-se carregar baterias... nesses espaços de previlégio que a natureza por vezes oferece.

Um abraço.

O meu pensamento viaja disse...

Pois é, amigo, o melhor do mundo é grátis.
Beijo

mariiana capela fotografia disse...

humm, que paz. Gostei imenso! :)

manuela barroso disse...

O meu rio
O meu lago
As minhas águas mansas
Onde o silêncio fala das coisas simples na pintura da luz.
Das mais belas fotografias, dos mais belos olhares.
Só posso dizer parabéns por essa aguarela!
Beijinhos

Bípede Falante disse...

Isso é que é vida :)

Naná disse...

ainda bem que ainda podemos apreciar este espectáculo que é a Natureza, sem pagar!
A foto está um assombro!

George Sand disse...

Gosto muito.
Quem me dera saber tirar fotografias assim. Mas a mim, desfila-me a paisagem a galope...

Vanessa G' disse...

Ainda me lembro do barulho que as rãs faziam ao pé da horta do meu pai, ficava a olhar para aquilo maravilhada ! :)

greentea disse...

liiiiiiiiiiiindo !
hoje estive perto da Lagoa de Albufeira , com um sol esplendido , a costa de Cascais e a serra de Sintra toda à vista, só não avistei as Berlengas porque o Cabo da Roca se meteu à frente ....

marciagrega disse...

Um verdadeiro e belíssimo espetáculo da natureza...Tudo de graça! E tem quem não aprecia...

Beijos

Nicast disse...

linda foto, a descrição do momento, remeteu-me pra longe daqui, onde também coaxavam as rãs...
bjos

Reinadi Sampaio disse...

Gostei de ficar aqui por alguns minutos, sem escrever, sem pensar em nada: apenas com o olhar pousado sobre as águas deste lago... depois imaginei-me aqui... com pinceis, uma tela para retratar esta paz e, colocá-la em minha sala junto com "minhas filhas". Obrigada por este momento de Paz!

Beijo.
Flor.

anamar disse...

Na mãe natureza, quase tudo é belo e de graça...
bfs
:))

Margarida Belchior disse...

... oiço o coaxar das rãs e sinto a calmaria do lugar ...

Quiiii beleeeza de foto!!
:-))

Beijinhos a apreciar ...

Elisa T. Campos disse...

Rãs coaxam
em ondas reluzentes
acordando o rio.

Maravilha.

Um abraço

Vítor Fernandes disse...

Finalmente algo de borla.
Bela foto.

♥ Luciana Mira ♥ disse...

Esta foto me fez relembrar alguns cenários do norte do Brasil.

Eli disse...

Esta imagem inspirou-te e inspirava-me (a mim) também!

:)

L.Reis disse...

As melhores coisas não custam dinheiro, mas algo muito mais precioso que esbanjamos em coisas inúteis e depois nos falta, quando precisamos de "comprar" um anoitecer à beira rio: o tempo.

Canduxa disse...

A natureza oferece-nos os mais belos espetáculos.
talvez agora o ser humano valorize mais o que está ao seu alcance....ter menos pode significar ter mais tempo para admirar a beleza que nos rodeia.

parabéns pela foto e pelo texto.

bj gr

Anjo De Cor disse...

belo cenário, apesar de confessar que não sou muito apreciadora de rãs...

Ana disse...

Há coisas que ainda se podem apreciar sem pagar. E a Natureza é uma delas :)

Canto da Boca disse...

Mais uma foto para a coleção expressionista. Linda!

Margarida Alegria disse...

Há séculos que não vejo rãs em directo.
Ai infância...:/

Remus disse...

Como uma pintura.

Fotograficamente, teria dispensado o arbusto que aparece no lado esquerdo.

Rute disse...

A tua calmaria de fim de tarde causou-me uma pontinha de inveja...que descrição...que vontade...

1 beijo:)