22.9.15

Uma fotografia por dia... nº 3656

Bastuço S. João, 2015

A flor dos cactos é tão bela quanto efémera, tendo tido a sorte de ter tirado o boneco na manhã em que se abriu, pois passados dois dias nem parecia a mesma flor! Aquela exuberância e cromatismo tinham-se desvanecido.

9 comentários:

Ana Paula disse...

Sorte tenho eu de poder apreciar essa belíssima flor!
Nunca vi igual. A que aqui encontrei é pequena e de um rosa avermelhado.
Adorei. Beijo!

Boop disse...

Bem hajam as coisas efêmeras.
Que aguçam o desejo e o maravilhamento
:)
Bj

Janita disse...

Já vi alguns cactos floridos, mas nada que se compare em beleza e originalidade!
Que flor tão bela!...Por ser efémera tiveste sorte em a ver e fotografar, nós, somos umas sortudas pelo facto de a ter, aqui, perpetuada para sempre!
Esta já vai para a colecção das 'tuas melhores e mais belas', Manel!!

Beijinhos. :)

Remus disse...

Acho que também tenho um cacto desses. Pelo menos as folhas/ramos parecem-me iguais a um que aqui tenho, contudo nunca tive a oportunidade de o ver florido. Nem sabia que ele poderia dar flor.
Vou ter que ter uma conversa séria com ele e perceber o porquê de ele não dar flor, enquanto que o do vizinho (leia-se MFC) dá!
:-)

É uma flor mesmo exuberante. Em certa medida até acho que é animalesca.

Zeltia disse...

Nunca vin esa flor nos meus cactus, máis si outras tamén belas e efémeras

Ana Freire disse...

Uma flor de outro mundo... nunca vi!!!!
Imagem extraordinária
Bjs
Ana

inconfessável disse...

Que beleza de flor.

Graça Pimentel disse...

Que coisa mais linda! Nunca vi uma flor destas. Apanhaste o momento certo para registar a sua beleza.

beijo

Saffy disse...

tenho um destes, e adoro de morte a flor