15.9.15

Uma fotografia por dia... nº 3649

Bastuço S. João, 2015


Este é um belo exemplar de vespa asiática que tem vindo sistematicamente a destruir as colmeias de abelhas de norte a sul. Vai ser um combate inglório e o futuro, sem abelhas, não augura nada de bom para a humanidade já que são as responsáveis por praticamente 90% da polinização...

9 comentários:

lis disse...

Estou dando umas últimas passadinhas nos blog's de alguns amigos porque vou estar com olhares mais apurados em outros recantos desse globo... rs
talvez passe por aí também!
Póvoa de Varzim - o nome é interessante,
Câmbio, cheguei ! rs
Na volta , apareço por cá,ok?
abraços

Fatyly disse...

Um problema grave que já vem de 2013 se não me engano.

"O Governo recomenda que "quem identificar os ninhos de vespa velutina deverá participar" à DGAV, que, "por sua vez, encaminha a informação para a Autoridade Nacional da Proteção Civil", procedendo esta à sua destruição."

é tudo legislado ou dito ou escrito ou o raio que os parta...mas não passam de intenções porque comunicam e a bola é passada e nesse passar de bola quem se trama são os apicultores!



Ana Freire disse...

A apis cerana niponica é a única que lhe faz frente...
Dessas, é que estaríamos a precisar de uma invasão por cá... para combater as que nos dão asia... as asiáticas...
De qualquer forma a imagem, apresenta uma qualidade excepcional... coisa nada rara, por aqui... ;-P
Bjs! Continuação de uma óptima semana!
Ana

Ana Freire disse...

asia... é o continente...
Deve ler-se... azia...

Mona Lisa disse...

Excelente foto em que a vespa asiática foi a cereja no topo do bolo!

Beijinhos.

Janita disse...

Interessante foto e sorte de fotógrafo atento, teres conseguido apanhar essa espécie maligna de vespa.
Devia ser a essas 'abelhas pretas e vermelhas' que o Vinícius se referia!!

Abreijos, chuvosos!:)

Zeltia disse...

Non sabía que tiñan un corpo tan "vistoso" de cores...!
(Este ano unhas vespas fixeron o niño no buzón das cartas da nosa casa no campo...)
Non hai moito tempo que souben dos beneficios das abellas para o planeta.

inconfessável disse...

...mas há alguma luta?

Remus disse...

Gostava de saber como é que elas chegaram cá... Devem ter vindo na mala de algum chinês... Só pode!

Mas vistas assim, com nesta fotografia, até parecem uns insectos inocentes.