28.8.15

Uma fotografia por dia... nº 3531

Ammaia, 2015


Estas ruínas romanas que a pouco e pouco vão vendo a luz do dia, eram um pequeno entreposto comercial entre Mérida e Lisboa. Pouco resta, mas o levantamento prossegue. A destruição ocorreu a partir do século XIV, por um motivo simples... era, no dizer do povo, a pedreira dos padres!

5 comentários:

Mona Lisa disse...

Escolheste para nos aguçares a curiosidade, não me admirei, a peça mais interessante das que existem nas ruínas. Captaste-a, soberbamente.

Pelo pouco que pesquisei, pois desconhecia a existência destas ruínas,a escultura é a do "Homem romano".

Beijinhos.

Ana Freire disse...

Nossa!... Para mim, assim de repente... seria o que que teria sobrado, depois de alguém ir à repartição de finanças... assim como que uma espécie de sudário!... Também já não andaremos muito longe disso, por este andar... ;-D
Detalhes incríveis! Irrepreensivelmente registados!...
Que surpresas ainda nos poderão reservar, tal levantamento?...
É que apesar dos pesares... da destruição na época... a peça encontra-se em excelente estado de conservação...
Beijos
Ana

© Piedade Araújo Sol disse...

original...

não conheço!

bom fim de semana.

beijo

:)

Teresa Durães disse...

Curiosa a história :)

lis disse...

Bom saber mais da história dos povos e das suas Artes.
fica o abraço