29.9.14

Uma fotografia por dia... nº 3476

Idanha-a-Velha, 2014
A democracia (ou até o final da Ditadura) trouxe a luz eléctrica a estas bandas, todavia já era tempo de esconderem os cabos de transporte de electricidade de modo subterrâneo, como é feito nas zonas por onde o Passinhos se passeia! Mas como, porventura, uma voltinha a Idanha não dará muitos votos, lá vão continuar os desgraçados dos cabos!

8 comentários:

Fatyly disse...

Por aqui também existem muitas zonas com os cabos assim porque gasta-se muito com as festas de Verão em vez de investirem no que devia. Depois queixam-se dos roubos do cobre! Um país com "passinhos" para engordar ainda mais quem lhes convém...o resto? que se amanhem!

Ana Paula disse...

Antes mesmo de ler a legenda de tua foto, olhei para o lugar encantada e depois pensei que estes fios não combinam com tamanha beleza, com as cores rústicas.
E então leio que o incômodo também é teu. Por aqui dá se o mesmo; leis existem mas não se aplicam. Aliás descobri que a companhia de energia cobra aluguel dos postes para que também abriguem os fios de telefonia, internet, tv a cabo. Enterrar esse lucro?
Beijo!

lis disse...

Hoje mesmo falei a esse respeito com uma amiga que me mostrava fotos de uma bela cidade- os fios tiravam todo o encanto.
Mostre-me ,por favor as zonas onde o 'passinhos passeia 'porque não conheço. rs
abraço

Zeltia disse...

que pena a maneira de estragar a paisaxe...

Remus disse...

Bem dito.
Principalmente nestas aldeias histórias, acho que essa ideia de colocar os fios subterrâneos é fundamental.
É que os fios descaracterizam por completo o ambiente a aldeia.

L.S.A. disse...

Então tu não vês que a EDP ou sei lá quem é... acha que os cabos são decorativos?
Não há edifício ou coluna bonita em Lisboa, ou em qualquer outro lugar, que não fique decorada com cabos depois de sofrer obras de restauro.
Deve ser um ornamento muito apreciado em todo o País.
Cada relevo num monumento é mais uns centímetros... e o monumento fica mais decorado, e com mais valor...!

L.S.A. disse...

Se escondessem os cabos como é que ele via o desenvolvimento dos lugares por onde se "passeia"?

Graça Pimentel disse...

Bonitas fotografia de uma terra onde não me lembro de ter ido. Fica em lista de espera...
Temos um país maravilhoso com terras lindas. É pena que os "passinhos" não lhes deem o devido valor e que o "portuguesinho" se gabe de ir ao estrangeiro sem se importar em conhecer o seu país.

beijinho