6.3.13

Uma fotografia por dia... nº 2904


Alto Minho, 2012
Estes ninhos artificiais revelam a preocupação, de gente boa e atenta, pela preservação das espécies endémicas de cada região. Já bastam as agressões quotidianas que cometemos contra esses seres, dificultando-lhes a instalação e nidificação nos lugares que sempre foram os seus. Há que fazermos um pouco também por eles.

9 comentários:

Mona Lisa disse...

Uma preocupação ambiental, de louvar. Um exemplo, infelizmente esquecido, por quem de direito, contra a extinção das espécies...

Uma foto única, rara, terna, linda!

Um local que transmite paz!

Adorei!

Beijos.

Sophia disse...

Excelente ideia!

Adoro o Minho. Adoro as paisagens, as pessoas, mas a comida amo! É divinal!

;) Baci

Ana Paula disse...

Entristece-me o excesso de luzes com que as grandes cidades os agridem.
A foto está belíssima, como a bela intenção.
Beijo

Graça Pimentel disse...

Bonita fotografia e sábias palavras.
As aranhas lá tecem as teias sem precisar da ajuda de ninguém.

beijo

maria madeira disse...

Bela fotografia. :)

bettips disse...

Podemos ser "pequenos deuses" em pequenos gestos. Muito bonito este instantâneo de lugar qualquer - que tantos podiam ser!

L.S.A. disse...

Hoje encontram-se muito nas matas pequenas casas de madeira para os passaritos fazerem os ninhos, mas parece-me que eles perferem fazer com o conforto que desejam, e nos lugares que rscolhem.
Até para eles... não há nada como a nossa casa!
Esta tua foto, como sempre está uma delícia!

Coquinhas disse...

Oh que imagem linda :D

Fatyly disse...

Concordo em absoluto e no pequeno quintal da filha puseram dois e as minhas netas dizem que é para os passarinhos sem-abrigo. O certo é que resultou e já existem uns quantos ninhos:)

Foto deliciosa