2.3.13

Uma fotografia por dia... nº 2900

S. Simão da Junqueira, 2012
Cá estão mais uma vez as minhas hidranjas (só muito tarde lhes conheci o nome de hortênsias). Continuo a chamar-lhe hidranjas, pois é uma forma de retorno à meninice e a poder recordar as palavras do meu avô ao podá-las e a mostrar-me como se fazia! E as daquele quintal, de recordações múltiplas, também eram azuis...

6 comentários:

Mona Lisa disse...

Uma flor que me transmite conforto, paz, ternura, serenidade,esperança...

Olho-as sempre com ternura e esperança...

Uma foto de uma beleza ímpar!

Obrigada por este lindo momento, Manel!

Beijos.

questiuncas disse...

Muito bonitas estas hidranjas/hortênsias.
Ouvi dizer que se espalham muito facilmente, nunca há uma sozinha.

addiragram disse...

LINDAS as tuas hidrângeas!

addiragram disse...

LINDAS as tuas hidrângeas!

Graça Pimentel disse...

Eu também lhes dou esse nome. Foi o que sempre ouvi para as da casa dos meus pais. Havia azuis e vermelhas. Gosto destas flores...

beijo

L.S.A. disse...

Oh!
Nunca tinha ouvido chamar tal nome a esta flor!
Estou a perder as da mata de Sintra, mas paciência...!
Tenho algumas arquivadas.
Bom domingo.